Prefeito e vice-prefeito continuam atritos políticos em Olinda

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Prefeito de Olinda
O prefeito de Olinda, Professor Lupércio (PSD), e seu vice, Márcio Botelho (PP), já viveram dias melhores/Foto: Reprodução redes sociais

O prefeito de Olinda, Professor Lupércio (PSD), e seu vice, Márcio Botelho (PP), deram continuidade aos pontuais atritos sobre a exoneração de funcionários vinculados ao gabinete da vice-prefeitura. Nesta quinta (23/11), Botelho apresentou uma liminar para que o prefeito reintegrasse 12 membros do seu gabinete.

Veja a liminar na íntegra:

Por outro lado, a Prefeitura enviou a resposta oficial da gestão municipal sobre o episódio envolvendo o vice-prefeito Márcio Botelho.

“A Prefeitura de Olinda reafirma que o gabinete do vice-prefeito nunca esteve sem funcionários e que a gestão entende que o referido gabinete tem totais condições de funcionar com a quantidade de funcionários lotados hoje.

Inclusive, dos seis funcionários exonerados, um fez o pedido de exoneração para morar no Canadá, outro foi promovido a secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Econômico, e outros foram reconduzidos a funções estratégicas da própria gestão municipal, nas áreas de Saúde, Mobilidade Urbana, Desenvolvimento Social, dentre outros.

Diante do exposto, o Município vai recorrer da decisão.”

2024


É de conhecimento geral o rompimento entre Professor Lupércio e Márcio Botelho. Ontem (22/11), O vice-prefeito denunciou que Lupércio teria exonerado todos os funcionários do gabinete da vice-prefeitura, além de apresentar uma estrutura precária de seu ambiente de trabalho. Márcio Botelho suspendeu as atividades relacionadas ao seu gabinete. A motivação seria ‘perseguição política’.

A disputa ganha proporções eleitorais a partir do momento que ambos tem interesse no pleito olindense de 2024. Lupércio ainda não oficializou quem será o seu ou sua representante na corrida eleitoral do próximo ano. Botelho é colocado como pré-candidato a prefeito da cidade pelo deputado federal e presidente estadual do PP, Eduardo da Fonte.

Contexto pré-eleitoral em Olinda

O senador Humberto Costa (PT) defendeu, em Olinda, a pré-candidatura a prefeito do vereador Vinícius Castelo (PT) nas eleições municipais de 2024. Recentemente, Castelo demonstrou alinhamento junto a deputada estadual Gleide Ângelo (PSB, que assumiu o diretório municipal socialista no município.Gleide também se mostra como uma opção na disputa eleitoral da cidade.

Ainda nesse contexto olindense, encontra-se a ministra Luciana Santos (Ciência e Tecnologia), do PCdoB, que se coloca à disposição para disputar as eleições. Dentro desse campo político, que terá o apoio do presidente Lula (PT), o desenho político-eleitoral está formado. Mas, existe uma indefinição de quem vai ficar na cabeça da chapa, ou, se haverão mais de uma candidatura lulista.

Em Olinda, ainda não foi anunciada a candidatura apontada por Lupércio, que agora tem o apoio do ministro André de Paula, presidente estadual do PSD, que migrou da Prefeitura do Recife, de João Campos (PSB), para o Palácio do Campo das Princesas, de Raquel Lyra (PSDB). Antes, a secretária municipal Mirella Almeida seria a sucessora natural, mas nos últimos meses parece ter sido rifada da disputa.

A ex-deputada federal Marília Arraes (SD) também é uma das postulações que podem disputar o pleito olindense.

Leia também:
Em Paulista, Yves Ribeiro se filia ao PT para disputar reeleição em 2024
Olinda: Prefeito e vice-prefeito trocam acusações e antecipam clima eleitoral
Antônio Moraes garante aprovação do pacote de 33 projetos do Governo
Raquel Lyra vai a Dubai com Lula para COP-28
Teresa Leitão e ministra das mulheres participam de debate sobre violência
Pernambuco pode reconhecer calamidade financeira dos municípios
Raquel Lyra envia para a Alepe pacote com 33 projetos de combate à fome

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias