Em Paulista, Yves Ribeiro se filia ao PT para disputar reeleição em 2024

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Yves Ribeiro aposta na força do PT, de Lula, para disputar a reeleição no município do Paulista, em 2024. Foto: Divulgação.
Yves Ribeiro aposta na força do PT, de Lula, para disputar a reeleição no município do Paulista, em 2024. Foto: Divulgação.

O prefeito do Paulista, Yves Ribeiro, confirmou as expectativas e se fiou ao Partido dos Trabalhadores (PT). O gestor deixa o MDB, cuja legenda estava desde 2019. O ingresso no PT teve a chancela dos diretórios municipal e estadual. Ele é prefeito do município pela terceira vez, mas pode ser candidato consecutivamente porque ocupa o cargo desde sua última eleição em 2020.

Yves mantinha conversas com o senador Humberto Costa, vice-presidente nacional do PT e coordenador do Grupo de Trabalho Eleitoral do partido para as eleições municipais de 2024. A mudança foi comunicada ao presidente do MDB, ex-deputado federal Raul Henry. A decisão ocorreu de forma consensual. Com isso, o partido continua na base do governo Yves Ribeiro, pelo menos, nesse primeiro momento.

No mês de setembro, Yves Ribeiro esteve em Brasília, onde encontrou Humberto e apresentou projetos para serem viabilizados para o município. “Paulista conta com o apoio do nosso mandato para avançar e ter serviços públicos mais estruturados’, disse Humberto.

Além do pragmatismo político, o prefeito rememora seu histórico para demonstrar certo alinhamento ideológico com a cartilha petista. “A minha trajetória política se identifica muito com a do presidente Lula. Eu fui operário e ele também. Temos uma ótima relação. No último governo, Lula liberou para Paulista cerca de R$ 300 milhões. E a parceria também será estabelecida neste terceiro mandato do presidente”, projetou Yves Ribeiro.

O novo prefeito petista também já governou os municípios de Itapissuma e Igarassu, todos na região do litoral norte pernambucano.


JABOATÃO

Elias Gomes se filiou ao PT para disputar o cargo de prefeito de Jaboatão dos Guararapes no próximo ano. Foto: Reprodução/Facebook.

O PT filiou no mês de setembro o ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, que deve disputar as eleições municipais em 2024. Elias Gomes já foi prefeito da cidade por dois mandatos. Na ocasião, além do senador Humberto costa, a presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann, participou do ato.


OLINDA

O senador Humberto Costa (PT) defendeu, em Olinda, a pré-candidatura a prefeito do vereador Vinícius Castelo (PT) nas eleições municipais de 2024. Foto: Reprodução/Facebook.
O senador Humberto Costa (PT) defendeu, em Olinda, a pré-candidatura a prefeito do vereador Vinícius Castelo (PT) nas eleições municipais de 2024. Foto: Reprodução/Facebook.

O senador Humberto Costa (PT) defendeu, em Olinda, a pré-candidatura a prefeito do vereador Vinícius Castelo (PT) nas eleições municipais de 2024. Recentemente, Castelo demonstrou alinhamento junto a deputada estadual Gleide Ângelo (PSB, que assumiu o diretório municipal socialista no município. Gleide também se mostra como uma opção na disputa eleitoral da cidade.

Ainda nesse contexto olindense, encontra-se a ministra Luciana Santos (Ciência e Tecnologia), do PCdoB, que se coloca à disposição para disputar as eleições. Dentro desse campo político, que terá o apoio do presidente Lula (PT), o desenho político-eleitoral está formado. Mas, existe uma indefinição de quem vai ficar na cabeça da chapa, ou, se haverá mais de uma candidatura lulista.

Em Olinda, ainda não foi anunciada a candidatura apontada por Lupércio, que agora tem o apoio do ministro André de Paula, presidente estadual do PSD, que migrou da Prefeitura do Recife, de João Campos (PSB), para o Palácio do Campo das Princesas, de Raquel Lyra (PSDB). Antes, a secretária municipal Mirella Almeida seria a sucessora natural, mas nos últimos meses parece ter sido rifada da disputa.

A ex-deputada federal Marília Arraes (SD) também é uma das postulações que podem disputar o pleito olindense.

Leia também:
Olinda: Prefeito e vice-prefeito trocam acusações e antecipam clima eleitoral
Antônio Moraes garante aprovação do pacote de 33 projetos do Governo
Raquel Lyra vai a Dubai com Lula para COP-28
Teresa Leitão e ministra das mulheres participam de debate sobre violência
Pernambuco pode reconhecer calamidade financeira dos municípios
Raquel Lyra envia para a Alepe pacote com 33 projetos de combate à fome

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias