Porto do Itaqui registra melhor mês de movimentação de cargas da história

Itaqui é atualmente o porto com maior movimentação de carga no Nordeste.
Porto de Itaqui
Uma das maiores vantagens de Itaqui é a sua integração multimodal, que o conecta redes de ferrovias e rodovias. /Foto: divulgação

O Porto do Itaqui, no Maranhão, registrou, em outubro, o melhor mês de movimentação de cargas de sua história, com um total de 3,658 milhões de toneladas. O resultado representa um aumento de 16% em relação ao mesmo mês de 2022 e 19% superior ao planejado para este mês em 2023. De janeiro a outubro foram movimentadas mais de 31,2 milhões de toneladas, um crescimento de 7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Os principais destaques do mês foram a movimentação de celulose (30% acima do planejado), soja (61% acima do planejado) e milho (18% acima do planejado). Neste mês, foi realizada também a maior movimentação mensal de granéis sólidos totais com 2,832 milhões de toneladas.

O presidente do Porto do Itaqui, Gilberto Lins, destacou que “o crescimento da movimentação do Porto do Itaqui é um reflexo da retomada da economia brasileira e da consolidação do Maranhão como um importante polo de produção de commodities agrícolas, principalmente pelo trabalho do governo em atrair investimentos”.

Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nas últimas safras, anos de 2022 e 2023, o Maranhão está entre os 10 primeiros estados com maior índice de produção de grãos do país. Além de ser uma importante conexão para a região do Arco Norte.  

Porto do desenvolvimento 

O movimento alcançado pelo Porto do Itaqui o consolida como um dos mais importantes portos públicos do Norte e Nordeste do Brasil. Itaqui é atualmente o porto com maior movimentação de carga no Nordeste. E isso se deve a uma série de fatores, segundo a gestão portuária. A começar pela sua localização estratégica, que desempenha um papel fundamental, permitindo que o porto atenda a uma vasta área, abrangendo os estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

- Publicidade -

A infraestrutura é outro fator. Com um conjunto de 9 berços de atracação, com profundidades que variam entre 12 e 19 metros, o Porto do Itaqui é capaz de receber embarcações de grande porte. “A infraestrutura de Itaqui é moderna e eficiente e possibilita o transporte seguro e ágil de grandes volumes de carga”, diz Lins.

Porto de Itaqui
De janeiro a outubro foram movimentadas mais de 31,2 milhões de toneladas no Porto de Itaqui/Foto: divulgação

Segundo ele, uma das maiores vantagens de Itaqui é a sua integração multimodal, pois está conectado a importantes redes de ferrovias e rodovias. Essa interligação facilita sobremaneira o transporte de mercadorias entre o porto e o interior do país, o que, por sua vez, amplia sua capacidade de atender a uma vasta gama de clientes.

“Esse crescimento é fruto do trabalho conjunto da EMAP (Empresa Maranhense de Administração Portuária, que exerce a função de autoridade portuária) com os operadores portuários e os investidores que acreditam no Maranhão. Estamos trabalhando para consolidar o Porto do Itaqui como um dos mais importantes hubs logísticos na região e no país. Temos uma infraestrutura moderna e eficiente, que nos permite movimentar grandes volumes de mercadorias de forma segura e ágil”, ressaltou o presidente.

*Com informações da Assessoria do Porto de Itaqui

Leia também:

Com Unesco, Suape chega aos 45 anos avançando com a sustentabilidade

Plano Diretor aponta 5 empreendimentos que farão Suape crescer 50% até 2030

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -