RN será sede do primeiro Hub Internacional dos Correios no Nordeste

A instalação do hub contribui para descentralizar essas operações, melhorando os prazos de entrega.
Fátima Bezerra
Governador Fátima Bezerra (PT) conquistou pauta dos seus tempos de deputada federal. Foto: Sandro Menezes/ASSECOM-RN

Na última terça-feira, a governadora Fátima Bezerra (PT) recebeu a confirmação, pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, da instalação, no Rio Grande do Norte, do primeiro centro internacional de distribuição de encomendas do Nordeste, o Hub dos Correios. O anúncio foi feito pelo presidente da estatal, Fabiano Silva dos Santos.

O centro de distribuição de encomendas será o primeiro do Nordeste e o quarto instalado no Brasil, já que atualmente eles se concentram nas regiões Sul e Sudeste, especificamente no Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba. “Estamos há anos nessa articulação e, agora, com a sensibilidade de um governo que cuida das pessoas e do patrimônio público, enfim chega essa excelente notícia”, afirmou a chefe do Executivo estadual.

Trata-se de um projeto idealizado na época do governo da presidenta Dilma Rousseff (PT), mas que foi abandonado. A pauta foi retomada pela governadora Fátima Bezerra. Agora, o estado vai abrigar a estrutura, que contribuirá para a descentralização das operações postais no país.

“O hub traz empregos, desenvolvimento econômico e insere nosso estado de forma estratégica nessa política de reinvestimento na empresa pública”, ressaltou a governadora do Rio Grande do Norte. A instalação do hub contribui para descentralizar essas operações, melhorando os prazos de entrega e beneficiando especialmente as empresas de micro e pequeno porte.

Nos últimos seis meses, o assunto foi pauta de audiências da governadora em Brasília. Depois de apresentado diretamente ao presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), o projeto foi tema de discussão com o ministério das Comunicações e com o presidente dos Correios, Fabiano Silva dos Santos. Em maio, resultado de estudos feitos pela empresa, os Correios já apontava a viabilidade técnica da instalação do Hub no Nordeste, com sede no estado do Rio Grande do Norte.

“Ao levarmos o centro de distribuição para o Nordeste temos a perspectiva de gerarmos milhares de empregos na região. Não estamos levando apenas infraestrutura, mas consolidando a vocação local de se tornar um polo logístico, o que desperta o interesse de outras empresas também”, avaliou Fabiano Silva dos Santos.

A concentração das operações dos Correios nas regiões Sudeste e Sul tem sido um desafio para a eficiência da rede de transporte da malha postal do país. A instalação do Hub dos Correios no Rio Grande do Norte contribuirá para descentralizar essas operações, melhorando os prazos de entrega e beneficiando especialmente as empresas de micro e pequeno porte.

Hub dos Correios no RN

O projeto prevê a instalação do Hub dos Correios na área de expansão do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante. A recente relicitação do aeroporto, vencida pelo grupo suíço Zurich Airport International, abre possibilidades para que a nova concessionária invista nos recursos necessários para o desenvolvimento do Hub.

A instalação do Hub dos Correios é de grande importância para a economia local e fortalecerá o potencial de desenvolvimento do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, gerando empregos e renda para o Rio Grande do Norte. Além disso, o centro facilitará as atividades de importação e exportação da região, impulsionando o comércio internacional e proporcionando condições mais favoráveis de acesso ao mercado brasileiro para os vendedores de comércio eletrônico internacionais. A expectativa é que, quando estiver em pleno funcionamento, a nova estrutura do Hub dos Correios seja capaz de processar 40 mil encomendas por dia.

- Publicidade -

Investiremos R$ 350 milhões em infraestrutura

Com a suspensão do processo de privatização dos Correios pelo governo federal, a empresa está buscando ampliar seus serviços. Foi anunciado um investimento de cerca de R$ 350 milhões para construção e modernização de centros operacionais e reforma de agências dos Correios em todo o País. A iniciativa marca a retomada dos investimentos da estatal em infraestrutura, um dos projetos estratégicos prioritários anunciados pela diretoria-executiva em maio deste ano, no balanço de 100 dias da atual gestão.

Leia também:
Governo do RN e empresa chinesa fecham investimento de R$2,5 bi em energia solar
Petrobras reinaugura sede em Natal e lança centro de energia eólica
Dani Portela se coloca como opção para disputar Prefeitura do Recife
Nordeste: governadores apostam em políticas de combate à fome
Lula ‘proíbe’ ministros de criarem novas ideias antes de cumprirem o que já foi proposto
Ministro lança novo modelo de concessões rodoviárias. Editais somam R$ 66 bilhões
Salgueiro, Cabrobó e Belém do São Francisco (PE) ganham trecho renovado da BR-116/PE
Governador do Piauí apresenta diferenciais na produção de hidrogênio verde na Alemanha

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -