Governador do Piauí apresenta diferenciais na produção de hidrogênio verde na Alemanha

Para mais de 100 lideranças e investidores interessados na temática, o governador frisou que a grande meta é tornar o Piauí um dos principais produtores de hidrogênio verde no mundo

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
O governador Rafael Fonteles (PT) levou o evento promovido pelo Governo do Estado para a Alemanha. Foto: SECOM/PI

O governador Rafael Fonteles (PT) participou nesta segunda-feira (12), em Berlim, na Alemanha, do II Summit Piauí – Europa de Hidrogênio Verde. O evento é promovido pelo Governo do Estado, e teve como objetivo apresentar as potencialidades do Piauí na área de energias renováveis para autoridades, investidores e instituições europeias, para atrair investimentos para a produção de hidrogênio verde.

O evento contou com a presença da prefeita de Berlim, Franziska Giffey; da vice-diretora-geral de Cooperação Bilateral em Ação Climática e Transição Energética, da Agência Internacional de Energia (BMWK), Ursula Borak, que representou o Governo Alemão; e o ministro-conselheiro da Embaixada do Brasil na Alemanha, Luiz Eduardo Gonçalves, que representou o embaixador Roberto Jaguaribe, dentre outras autoridades.

Para mais de 100 lideranças e investidores interessados na temática, o governador frisou que a grande meta é tornar o Piauí um dos principais produtores de hidrogênio verde no mundo. Para isso, apresentou as vantagens competitivas que o estado apresenta e que facilitam a produção deste que é considerado o combustível do futuro. “Produzimos quatro vezes mais a energia que consumimos. O nosso potencial, por outro lado, é dez vezes maior que o produzido. Nós temos o maior parque solar (em São Gonçalo do Gurguéia) e o maior parque eólico (em Lagoa do Barro e Queimada Nova) da América Latina”, disse o governador.

Ele citou ainda a Zona de Processamento de Exportação do Piauí (ZPE), que facilita as exportações e a atração de investidores, e o fato de o Piauí ser banhado pelo Rio Parnaíba, “o maior rio genuinamente nordestino”. O governador reforçou que o H2V Piauí, o Vale de Hidrogênio Verde do Piauí, está em fase de estudos e planejamento com o objetivo de trazer investimentos, sustentabilidade e geração de emprego e renda para o Piauí.

“Foi um encontro extremamente produtivo, que aponta perspectivas muito promissoras de investimentos para o Piauí, com geração de riquezas para nosso estado, mais oportunidades de negócios e emprego e renda para nossa gente”, disse Rafael Fonteles por meio de suas redes sociais.

O ministro-conselheiro Luiz Eduardo Gonçalves ressaltou a importância do evento. “O Piauí apresentou muitas oportunidades de investimentos ao público alemão aqui presente, especialmente na área de transição energética. Tenho a certeza de que o estado desponta para ser um dos principais centros de produção de hidrogênio verde no Brasil e no mundo”, disse.

Os empresários Pedro Vaquer, da Solatio Energia, e Luciano Guido, da Solar Outdoor Media, que já firmaram compromissos com o estado, apresentaram os seus projetos de implantação de plantas industriais para a produção de hidrogênio verde no Piauí.

Também participaram do evento o professor Jesse Van Griensven Thé, da Universidade de Waterloo (Canadá), que analisou tecnicamente os diferenciais competitivos do Piauí; e o professor Patrick Cnubben, especialista em transição energética, que está contribuindo para a construção do Vale do Hidrogênio no Piauí. Acompanharam o governador no II Summit Piauí – Europa o secretário de Governo, Marcelo Noletto; o presidente da Investe Piauí, Victor Hugo Almeida; e a primeira-dama, Isabel Fonteles.

PORTO DE LUÍS CORREIA

Antes do II Summit Piauí – Europa, o governador e sua comitiva se reuniram com representantes da maior empresa alemã de transporte de cargas, a Oldendorff Carriers GmbH & Co. KG. O grupo opera cerca de 700 navios próprios e fretados com porte bruto total de 40 milhões de toneladas.


A empresa tem a intenção de operar no Piauí com o transporte de minério de ferro e soja via Porto de Luís Correia. Para isso, um Memorando de Entendimento (MoU) deve ser assinado entre as partes em um próximo encontro, desta vez no Brasil, para firmar esta grande parceria em prol do desenvolvimento do Piauí.


União Europeia


Em suas redes sociais, o governador destacou o encontro entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, que aconteceu também nesta segunda-feira, em Brasília. “A pauta sobre o Hidrogênio Verde é destaque em todo o mundo! Durante a reunião no Brasil com o presidente Lula, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou que o bloco vai investir R$ 10,5 bilhões no país para a produção de hidrogênio verde, considerado o combustível mais limpo do mundo”, disse Rafael Fonteles.


Segundo Fonteles, no caso do Piauí, o estado já firmou ‘entendimentos com empresas que planejam investir um valor 5 vezes maior: R$ 50 bilhões para a produção do combustível verde em nosso estado’. “Estamos trabalhando muito para sermos a principal referência em Hidrogênio Verde nas Américas, dadas as nossas vantagens competitivas, naturais e institucionais”, lembrou o governador.


Nas eleições de 2022, venceu o pleito Rafael Fonteles ao lado do vice, Themistocles Filho (MDB). A coligação é composta pela federação PT/PC do B/PV e dos partidos MDB, PSD, Solidariedade, PSB, PROS e AGIR. Ele substitue no executivo do estado, a ex-governadora Regina Sousa (PT), que, por sua vez, realizou o chamado mandato tampão com a saída do ex-governador petista Wellington Dias, que hoje é ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome do Brasil do governo Lula 3.

Leia também:
Em Sergipe, Prato do Povo vai ofertar 75 mil refeições por mês para famílias em extrema pobreza
Aeroporto do Recife ganha voo Recife-Orlando e cresce malha aérea em junho
Quem segura João Campos em 2024?
João Campos assina contrato com BID no valor de R$ 2 bilhões
PT ganha duas pastas na PCR de João Campos: Meio Ambiente e Habitação
‘Cuidar da saúde do povo é investimento’, diz Lula
Criador do Farmácia Popular, Humberto participa do relançamento do programa por Lula

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias