Cabedelo renova cessão com Docas e é primeiro 100% regularizado do país

Segundo o governo paraibano, a ação fortalecerá todas as operações realizadas na estrutura do Porto de Cabedelo, sendo possível a ampliação de suas atividades em um ambiente de total segurança jurídica
Presidente do Porto de Cabedelo, Ricardo Barbosa, governador da Paraíba João Azevêdo e o o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha
Presidente do Porto de Cabedelo, Ricardo Barbosa, governador da Paraíba João Azevêdo e ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, participaram da solenidade na última sexta-feira. Foto: Francisco França/Governo da Paraíba

A renovação da cessão do Porto de Cabedelo à Companhia Docas até 2048 vai fazer com que o terminal paraibano seja a primeira estrutura portuária pública 100% regularizada no país e com prazo de duração igual ao convênio de delegação. O processo de regularização da poligonal do Porto de Cabedelo foi iniciado em 2004, envolvendo uma área de quase 300.000m².

A ampliação da vigência da cessão, que seria encerrada neste mês, foi acordada na última sexta-feira (5) pelo governador João Azevêdo e pelo ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, em solenidade realizada no Centro de Convenções de João Pessoa. Parlamentares da bancada federal da Paraíba, além de gestores municipais, participaram do evento.

Segundo o governo paraibano, a ação fortalecerá todas as operações realizadas na estrutura do Porto de Cabedelo, sendo possível a ampliação de suas atividades em um ambiente de total segurança jurídica. Este regime prevê o reinvestimento de todo o valor obtido com as movimentações portuárias na infraestrutura do Porto de Cabedelo.

Em 2023, o Porto de Cabedelo comemorou mais um recorde operacional ao movimentar 1.337.320 toneladas de cargas ao longo do ano. O resultado representou um aumento de 11,5% em comparação com o registrado em 2022.

O destaque foi a movimentação dos granéis sólidos, que alcançou a marca de 862.222 toneladas. O petcoke liderou esse segmento, com 514.624 toneladas operadas, evidenciando a relevância dessa operação para o Porto.

- Publicidade -

Nos líquidos, a movimentação atingiu 441.138 toneladas, sendo a gasolina o carro-chefe, com um volume de 335.737 toneladas. Enquanto isso, 105.401 toneladas foram importadas e passaram pelo Porto de Cabedelo.

A dinâmica do Porto foi marcada pela passagem de 103 navios ao longo do ano, demonstrando a atratividade e eficiência das operações em Cabedelo.

Porto de Cabedelo Paraíba
Com 89 anos em operação, estrategicamente localizado e integrado aos modais marítimo, ferroviário e rodoviário, Porto de Cabedelo não apenas atende à Paraíba. Foto: Porto de Caveldo/Thiago G. Marques/Divulgação

Porto de Cabedelo em números

Segundo os representantes do terminal, o mês de dezembro contribuiu para esse sucesso, apresentando uma movimentação de 146.261 toneladas de cargas, representando um incremento significativo de 44% em comparação ao mesmo período de 2022.

O ápice do ano ocorreu em julho, quando o porto paraibano registrou um recorde mensal, movimentando 166.533 toneladas. Esse resultado representa um aumento de 103,51% em relação a julho de 2022.

O presidente do Porto de Cabedelo, Ricardo Barbosa, ressaltou a importância desses resultados. “Este é um reflexo direto do comprometimento e eficiência de toda a nossa equipe, como também dos importantes trabalhadores portuários, todos os parceiros e amigos que atuam direta ou indiretamente no Porto de Cabedelo. Estamos imensamente orgulhosos desses números, que fortalecem a nossa posição como um player essencial no cenário portuário nacional.”

* Com informações do governo da Paraíba

Leia mais: Vertys escolhe Campina Grande para sediar montadora de motos elétricas

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -