Pernambuco liderou geração de novos postos de trabalho no Nordeste em novembro

Pernambuco também superou a meta de geração de empregos do Plano Retomada, lançado para a recuperação da economia após a pandemia
carteira de trabalho-Foto: Marcelo Casal Jr.
Nacionalmente, Pernambuco foi o quarto estado a gerar mais postos de trabalho em novembro. Foto: Marcelo Casal Jr / Agência Brasil


Segundo dados divulgados nesta quarta-feira (28), em Brasília, do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Novo Caged), o saldo de vagas de emprego criadas em Pernambuco no último mês de novembro foi de 8.290. O número é o melhor resultado registrado pela amostra em toda a Região Nordeste e o quarto melhor do país.

No Brasil, foram gerados 135.495 novos postos de trabalho em novembro. Os estados que mais contribuíram para o resultado foram São Paulo (50.908), Rio de Janeiro (25.223), Rio Grande do Sul (11.679) e Pernambuco (8.290).

Considerando o acumulado do período desde agosto de 2021, quando foi lançado o Plano Retomada (PR) – um conjunto de ações de recuperação da economia após a pandemia da Covid-19, o estado criou 139.056 vagas de trabalho formal. Com isso, a meta do PR, que era de retornar 130 mil pernambucanos ao mercado de trabalho até o fim de 2022, foi alcançada um mês antes do prazo.

“Vamos finalizar o ano com R$ 5 bilhões investidos em obras públicas, que estão contribuindo decisivamente para a geração de empregos. O Plano Retomada cumpriu seu objetivo e, mais uma vez, somos o estado do Nordeste que mais cria novos postos de trabalho e aparecemos entre os quatro primeiros do país”, comemorou o governador Paulo Câmara (PSB).

Leia também: Nordeste foi a segunda região que mais gerou empregos em novembro, aponta Caged

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -