Desaparecido, submarino Titan levava 2 empresários a bordo em busca de aventura

Um empresário britânico e outro paquistanês, com seu filho, estavam a bordo do Titan, que desapareceu no último domingo.
Titan
Foto: OceanGate

O submarino Titan, que desapareceu com cinco pessoas em uma expedição aos destroços do Titanic, no último domingo (18), na costa de St John’s, Newfoundland, no Canadá, estava levando a bordo alguns empresários, entre eles, um bilionário. A viagem é oferecida pela empresa OceanGate Expeditions, ao custo de inicial de US$ 250.000” (equivalentes a R$ 1,194 milhão), por oito dias.

No domingo, as autoridades norte-americanas receberam um telefonema informando que o navio de pesquisa canadense Polar Prince havia perdido contato com o submersível. De acordo com a porta-voz da Guarda Costeira dos EUA, tenente Samantha Corcoran, foi lançada uma operação de busca e salvamento, nesta segunda-feira (19).

Hamish Harding
Hamish Harding, bilionário britânico / Reprodução

O bilionário é o empresário britânico Hamish Harding. Aos 58 anos, Harding é dono de uma empresa baseada em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Formado em Ciências Naturais e Engenharia Química na Universidade de Cambridge, ele tem uma longa carreira como aventureiro. Harding já viajou dos pontos mais profundos do planeta até o espaço, em uma missão da Blue Origin, do bilionário Jeff Bezos, deixando a atmosfera terrestre e adentrando o espaço.

Quem foi na expedição do Titan

Também a bordo estão o mergulhador Paul-Henri Nargeolet, diretor de pesquisa subaquática, Premier Exhibitions, Inc., e o empresário paquistanês Shahzada Dawood, com seu filho Sulaiman Dawood. Shahzada é curador do Instituto Seti, uma organização de pesquisa na Califórnia e vice-presidente da Dawood Hercules Corporation, parte do Dawood Group.

Shahzada Dawood
Shahzada Dawood/Foto: reprodução redes sociais

Na segunda, o contra-almirante da Guarda Costeira dos EUA, John Mauger, disse que o submarino desaparecido em expedição aos destroços do Titanic tem até 96 horas de oxigênio de emergência a bordo, com base nas informações recebidas do operador da embarcação.

- Publicidade -
Titan
Rreprodução do site/OcenaGate Expeditions

Leia também:

Nordeste tem 5 estados disputando investimentos em hidrogênio verde
Qair Brasil importa equipamentos para uma planta piloto de hidrogênio verde para NE

Aneel libera eólicas da Qair Brasil no RN para operação comercial

Pecém moderniza sua estrutura para acomodar hub de hidrogênio verde

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -