Comissão da ALEPE aprova R$ 49,5 bilhões do estado para 2024

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Com a aprovação do relatório de Débora e votado por unanimidade pelos presentes, do total apresentado pelo Governo se inclui a emenda de R$ 1,1 bilhão, algo em torno de R$ 800 milhões, que deverão ser utilizados para investimentos na educação, na segurança pública e também na saúde. Foto: Divulgação
Comissão de Finanças da Alepe Foto: Divulgação

Foi aprovado na manhã desta segunda-feira (4/12), o relatório final da Comissão de Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) acerca do orçamento do Estado de Pernambuco para 2024, totalizando uma cifra R$ 49,5 milhões. Em relação ao orçamento de 2023, a aprovação ampliou em 9,68% os investimentos.

Com a aprovação do relatório da deputada governista e presidente da Comissão de Finanças, Débora Almeida (PSDB), votado por unanimidade, o total apresentado pelo Governo inclui a emenda de R$ 1,1 bilhão. Desse montante, aproximadamente R$ 800 milhões serão utilizados pelo Governo do Estado na educação, segurança pública e saúde, consideradas áreas prioritárias. O saldo restante deverá ser distribuído entre o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Ministério Público do Estado, Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE) e também para a Defensoria Pública.

A inclusão de R$ 1,1 bilhão foi baseada na estimativa da Secretaria Nacional do Tesouro Nacional (STN) de que haverá aumento de 18,4% nos repasses do Fundo de Participação dos Estados (FPE). Esse percentual foi contestado pela governadora Raquel Lyra (PSDB), equipe e aliados da Comissão de Finanças, mas a maioria do colegiado aprovou.

A deputada Débora Almeida (PSDB) é presidente da Comissão de Finanças da Alepe. Foto: Divulgação
A deputada Débora Almeida (PSDB) é presidente da Comissão de Finanças da Alepe. Foto: Divulgação

Depois de enfrentar uma verdadeira batalha junto a seus pares, a tucana recebeu o reconhecimento dos deputados pelo seu trabalho na condução do atos. Agora, o projeto de lei será encaminhado ao plenário para votação.

Leia também:
Dani Portela é aprovada como pré-candidata a prefeita do Recife
Prefeito de Veneza na Masterboi de Canhotinho
Prefeitura do Recife sorteia apartamentos do habitacional Sérgio Loreto
Municípios recebem recomposição de FPM de R$ 4 bi referentes a 3 meses
Luciana Santos anuncia financiamento de R$ 20 bi para “agenda verde”
CCJ do Senado aprova PEC que proíbe militares da ativa se candidatarem
Humberto, Gleisi, João Campos, Márcio França e Siqueira debatem eleições de 2024, em Brasília

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias