Prefeitura do Recife lança Plataforma Minha Saúde Conectada e apresenta ao Governo Federal

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Foto: Edson Holanda/Prefeitura do Recife

A Prefeitura do Recife lançou uma ferramenta digital para usuários e profissionais da rede municipal de saúde, nesta segunda-feira (12). A partir de agora, dentro do aplicativo Conecta Recife, está disponível a plataforma “Minha Saúde Conectada”.

Por meio dela, será possível acessar, de forma prática e rápida, toda a trajetória de pacientes dentro das unidades de saúde da capital, incluindo a visualização de prontuários, exames, análises clínicas, dispensação de medicamentos, cirurgias e outros procedimentos de média e alta complexidade.

O prefeito João Campos esteve ao lado da secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque, e dos secretários de Atenção Especializada e Informação e Saúde Digital do Ministério da Saúde, Helvécio Miranda e Ana Estela Haddad, respectivamente, além do presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Arthur Chioro.

“Hoje o Recife dá mais um passo importante no processo de transformação digital dos serviços de saúde. Com a ferramenta Minha Saúde Conectada, que está disponível dentro do Conecta Recife, o cidadão vai poder ter acesso às suas informações, como histórico de consultas, os seus agendamentos e as informações que os profissionais de saúde registram durante os atendimentos. Tudo isso vai ficar guardado num único local e não mais numa ficha de papel ou num documento que pode ser perdido”, explicou João Campos.

“Isso ajuda muito o cidadão, porque ele vai ter todos os seus documentos, e também os profissionais de saúde, que vão ter acesso a todos os registros em único lugar. Isso, embora pareça simples, é muito importante para que a gente garanta o bom atendimento e, com isso, recursos públicos são economizados e a gente tem a prevenção de doenças, garantindo a saúde das pessoas”, acrescentou ele.

Também foi assinado um acordo de cooperação técnica entre a Prefeitura do Recife e o Ministério da Saúde, uma vez que a plataforma irá integrar as redes de saúde municipal e federal, gerida pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Para o presidente da Ebserh, Arthur Chioro, a cooperação vai enfrentar um problema antigo, que é a fragmentação das estruturas de dados. “Essa parceria de hoje é fruto do esforço que a cidade tem feito no sentido de inovar e produzir soluções disruptivas que enfrentam um problema que temos diagnosticado há muito tempo no país que é a fragmentação dos nossos sistemas de informação. Nós produzimos sistemas de informações em abundância, mas a desintegração é total. E hoje celebramos o início de uma nova jornada”, comemorou.

Já Ana Estela Haddad, Secretária de Saúde Digital do Ministério da Saúde, parabenizou os envolvidos na construção da cooperação. “Recife está se tornando uma cidade digital e uma cidadania digital está em construção na cidade. Quando a gente vê um município, com todos os desafios do Recife, realizando tudo isso, com toda essa capacidade, é muito admirável. Parabéns ao prefeito e agradeço à Ebserh pela oportunidade de estarmos aqui hoje. Parabenizo a integração que está acontecendo, é um exemplo que vamos levar para outras partes do país. Nós temos uma fragmentação grande no setor saúde mas já temos um modelo e uma estratégia a seguir para promover a transformação digital. E Recife é um modelo avançado”, comentou ela.

Ana Estela Haddad, Secretária de Saúde Digital do Ministério da Saúde, esteve presente ao evento. Foto: Edson Holanda/Prefeitura do Recife

O sistema Minha Saúde Conectada ficou pronto após mais de um ano de trabalho. Sua implantação permitirá a interligação a outras redes de saúde, sejam municipais ou estaduais. “O Recife está sendo, mais uma vez, pioneiro entre as cidades brasileiras, ao implantar uma ferramenta que integra e dialoga com diversos sistemas diferentes, de unidades de saúde e órgãos distintos. Em um local só, de forma segura, rápida e prática, o cidadão poderá acessar, a qualquer momento, as etapas e também o conjunto de seu histórico. Ele não precisará mais andar com aquelas pastas cheias de receituários, análises e exames impressos, que muitas vezes se perdem, ou são danificados. Da mesma forma, o profissional que atender o paciente também terá melhores condições de reunir informações para o diagnóstico e adoção de tratamentos”, detalhou a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque.

“Poupar tempo, ampliar acesso e dar comodidade aos pacientes e também trabalhadores do SUS são uma prioridade da gestão. O programa Recife Cuida tem impulsionado investimentos não apenas em infraestrutura, equipamentos e recursos humanos, mas também em inovação digital na saúde, a exemplo do Atende em Casa, Atende Gestante, Recife Vacina, Vamos Testar e outros serviços reunidos no App Conecta Recife, que já acumula mais de 1,6 milhão downloads. Nosso projeto prossegue com a meta de informatizar toda a nossa rede de saúde”, complementou o gerente geral de Saúde Digital do Recife, Gustavo Godoy.

EBSERH

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 41 hospitais universitários federais, sendo um deles o Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. É a maior Rede pública de hospitais do país com mais de 8 mil leitos. As unidades têm características específicas: atendem 100% via Sistema Único de Saúde (SUS) ao mesmo tempo que apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e inovação.

Raquel Lyra participa de coletiva da Fenearte


A governadora Raquel Lyra concede entrevista coletiva nesta terça-feira (13), no Palácio do Campo das Princesas, sobre a Fenearte. Com o tema “Loiceiros de Pernambuco – Arte da Terra, Poesia das Mãos” a feira será realizada de 5 a 16 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco.

Considerada a maior feira de artesanato da América Latina, a Fenearte chega à sua 23ª edição com um investimento de R$ 11 milhões. A expectativa é que ela movimente R$ 40 milhões. Durante 12 dias, deve receber aproximadamente 300 mil visitantes.

Leia também:
Aeroporto do Recife ganha voo Recife-Orlando e cresce malha aérea em junho
Quem segura João Campos em 2024?
João Campos assina contrato com BID no valor de R$ 2 bilhões
PT ganha duas pastas na PCR de João Campos: Meio Ambiente e Habitação
‘Cuidar da saúde do povo é investimento’, diz Lula
Criador do Farmácia Popular, Humberto participa do relançamento do programa por Lula

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias