Ri Happy anuncia pernambucano como seu novo CEO

O executivo ingressou na Hi Happy em novembro de 2022 para conduzir a transição junto ao então CEO Ronaldo Pereira Júnior, agora nomeado membro do conselho.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Hi Happy
Thiago Rebello é o novo CEO do Grupo Ri Happy/Foto: divulgação

O pernambucano Thiago Rebello é o novo CEO do Grupo Ri Happy, maior varejista brasileiro de brinquedos, dono das marcas Ri Happy e PBKIDS. O anúncio reflete o novo momento da história do Grupo Ri Happy, que detém as marcas Ri Happy e PBKIDS. Varejo e entretenimento passam a ser o norte do negócio que tende a se expandir.

O executivo ingressou na empresa em novembro de 2022 para conduzir a transição junto ao então CEO Ronaldo Pereira Júnior, agora nomeado membro do conselho.

“As nossas marcas são as mais queridas do setor no Brasil. Fazemos parte da memória afetiva de muitos adultos que, hoje, são nossos clientes e que nos visitam com seus filhos. Queremos continuar sendo um destino para as famílias, preservando nossa essência, ao mesmo tempo em que nos adaptamos ao novo”, afirma o novo CEO.

Rebello possui uma extensa trajetória no varejo. Antes de ingressar na companhia, ocupou o cargo de Vice-Presidente de Varejo no Grupo SBF e passou por empresas como Casa do Pão de Queijo, Walmart e Bompreço. O novo CEO do Grupo Ri Happy tem MBA em negócios pela FGV, especialização na Universidade de Ohio, e é formado em Administração de Empresas pela Faculdade Integrada do Recife.

Planos para Ri Happy

Para Rebello, o foco está em melhorar a experiência como um todo. “Isso implica eliminar as fricções na jornada de compra, por meio de uma loja mais intuitiva que auxilie no processo de descoberta e decisão. E continua quando utilizamos tecnologia para estender e conectar essa experiência ao ambiente online e oferecer ainda mais conveniência e praticidade”, conta.

O grupo varejista possui aproximadamente 300 lojas. A expectativa de crescimento conta com a ampliação do número de franquias e a abertura de novas lojas em cidades a partir de 70 mil habitantes, avaliadas com grande potencial.

Nos planos para 2024, está ainda a proposta de proporcionar experiências memoráveis do brincar para adultos e crianças nas lojas físicas. Para o executivo, as lojas podem ser mais que um espaço de vendas. “Queremos transformar nossas lojas em espaços de encontro e diversão para toda a família, com várias atividades, oficinas criativas e experimentação de brinquedos, oferecendo uma experiência que vai além da compra.”, explica Rebello.

A proposta é adaptar e continuar expandindo gradativamente o conceito em funcionamento na Ecovilla Ri Happy, loja flagship da marca no Rio de Janeiro. O espaço no Jardim Botânico reúne loja temática, teatro para espetáculos infantis, casa de festas, oficinas de artes, colônia de férias e atividades recreativas para as crianças e famílias.

“Já levamos para várias lojas essa experiência completa que mistura varejo e entretenimento em um único lugar. Por exemplo, temos o Espaço Brincar, lugar na loja dedicado à experimentação de brinquedos e oficina criativas, além dos tradicionais Happy Sábados que acontecem em todas as lojas, com muitas brincadeiras”, detalha o executivo.

Além disso, Rebello planeja ampliar a linha de produtos exclusivos e trazer os principais lançamentos do mercado em primeira mão, fortalecendo assim seu posicionamento como o maior especialista em brinquedos do Brasil.

“Do ponto de vista de gestão, o foco está em formar um time forte, engajado com o propósito da companhia e a missão de gerar eficiência que, para mim, significa priorizar o que gera valor para os clientes e para o negócio” relata o CEO do Grupo Ri Happy.

Leia também:

Neoenergia PE inaugura uma subestação em Araripina

Polo gesseiro terá R$ 6 milhões de investimento em gás natural

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias