Governo de Pernambuco fará um aporte de R$ 20 milhões no Carnaval

O Galo da Madrugada e o Homem da Meia Noite vão receber, respectivamtente R$ 700 mil e R$ 100 mil do governo de Pernambuco

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Os R$ 20 milhões serão empregados em 820 apresentações em 91 municípios. Foto: Hesíodo Góes/ Secom

O Governo de Pernambuco fará um aporte de R$ 20 milhões no Carnaval de 2024. O valor representa o dobro do que foi investido em 2023 e será repassado via Secretaria de Cultura, Secretaria de Turismo e Lazer, Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), segundo informações da Secretaria de Imprensa estadual. Os recursos serão usados em 820 apresentações que ocorrerão em 91 municípios durante o reinado de momo.

Ainda de acordo com o governo do Estado, será investido R$12,2 milhões em segurança, o que vai representar o aumento de 10,2% no efetivo de agentes. Durante a festa serão empregadas 67.842 jornadas extras de trabalho para garantir a tranquilidade dos foliões.

“O Carnaval de Pernambuco tem como diferenciais a diversidade, a multiculturalidade e os ritmos. Esse ano, como novidade, nós temos o Cortejo Brincantes, que começou no dia 1º de fevereiro e tem uma extensa programação no interior e na Região Metropolitana. Também estamos valorizando nossos gigantes, como o Homem da Meia Noite e o Galo da Madrugada, que repercute pelo Brasil e por todo o mundo”, destacou a secretária estadual de Cultura, Cacau de Paula.

Para o secretário de Turismo e Lazer, Daniel Coelho, a expectativa é de aumento em 10% da movimentação turística. “Por via aérea, nós temos a previsão de alcançar um aumento em 10% da chegada de turistas no Estado. Esperamos cerca de R$ 2,2 bilhões em movimentação econômica pela chegada de turistas e que gera impacto social em todo o Estado”, comentou.

Do total a ser empregado, R$ 400 mil serão aplicados em ações nas escolas da Rede Estadual de Ensino, contemplando 51 apresentações culturais nos centros escolares. Neste período de retorno às atividades escolares na semana pré-carnavalesca, estudantes da rede pública de ensino terão contato com artistas e grupos da cultura popular. 

O Homem da Meia Noite volta a contar com apoio do Governo de Pernambuco. A gestão está promovendo incentivo de R$ 100 mil. Já o Galo da Madrugada terá investimento na ordem de R$ 700 mil (Empetur e Copergás).

A Fundarpe vai fazer a contratação das atrações do trio da Secretaria Estadual da Mulher, que desfilará no maior bloco de rua do mundo ao som da Orquestra 100% Mulher e das cantoras Cristina Amaral e Gabi do Carmo.

Ainda com o patrocínio do governo de Pernambuco, também será realizado o Cortejo Brincantes de Pernambuco, que reúne 70 grupos de cultura popular em diversas apresentações. O projeto idealizado e executado pela Secult-PE e pela Fundarpe já iniciou sua programação no Recife, na última quinta-feira (1º). Na sequência, desfilará em Olinda, no dia 8 de fevereiro; Ipojuca/Porto de Galinhas, no dia 9; Pesqueira, no dia 10; Arcoverde, no dia 11; Itamaracá e Triunfo, no dia 12; e Bezerros, no dia 13.

Os blocos, agremiações e festas públicas estão recebendo investimentos de R$ 4,5 milhões através da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur). Cerca de 80 municípios serão contemplados com contratações exclusivas de artistas pernambucanos quando feitas diretamente pelo Governo do Estado.

Saúde
Para evitar desabastecimento de bolsas de sangue durante o Carnaval, o Hemope Recife vai funcionar nos dias 12, 13 e 14 de fevereiro normalmente, das 7h15 às 18h30, inclusive com o serviço de agendamento de doações. Segundo o Ministério da Saúde, no período de Carnaval ocorre uma baixa de até 20% nos estoques disponíveis para transfusões. 

Recursos Hídricos e de Saneamento
A Compesa realizou ações no Grande Recife desde dezembro do ano passado, com conclusão para até 8 de fevereiro, para a vistoria de 44 quilômetros de redes de água e 104 execuções de manutenções eletromecânicas nos sistemas de abastecimento. Além disso, a Secretaria de Recursos Hídricos e Saneamento estabeleceu uma parceria com o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco para a manutenção de 37 hidrantes em bairros do Recife e Olinda com o objetivo de garantir a segurança desses equipamentos durante os festejos.  No Carnaval do ano passado, faltou água desde a segunda-feira à noite em várias ruas do Sítio Histórico em Olinda, incluindo a Rua do Amparo, a mais tradicional da cidade.

Leia também

Carnaval do Recife vai movimentar R$ 2,4 bilhões em 2024

Carnaval da Bahia deve movimentar R$ 6,5 bi, R$ 1,5 bi abaixo de 2020

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias