BYD desembarcará 14 mil veículos em Suape neste semestre

A operação envolve a importadora Comexport, a maior empresa de comércio exterior do Brasil - que detém exclusividade com a BYD-, e a Nexus, que atua no ramo logístico automotivo e é subsidiária nacional do grupo japonês K-Line
BYD: operação em Suape terá 48 horas
Os primeiros veículos chegaram a Suape por rack, um tipo de contêiner aberto/Foto: Suape (Divulgação)

O desembarque de quase dois mil veículos da BYD entre os últimos dias 15 e 16 por pelo Porto de Suape é só o começo da chegada de uma remessa bastante volumosa que deixa a costa de Shenzhen, na China, para se espalhar pelo Nordeste brasileiro.

Ao todo, devem entrar por Suape até a última semana de junho, cerca de 14 mil veículos da marca. A razão é a forte demanda do mercado por veículos elétricos antes do novo aumento do imposto de importação, previsto para julho.

No caso dos carros híbridos, a alíquota do imposto, que já subiu 15% em janeiro deste ano, vai para 25% em julho de 2024 e 30% em julho de 2025, alcançando o limite de 35% apenas em julho de 2026.

Para híbridos plug-in, o aumento foi de 12% em janeiro. Em julho próximo, a alíquota sobe para 20%, chegando a 28% em julho de 2025 e 35% em julho de 2026. Para os elétricos, a sequência é 10% (janeiro de 2024), 18% (julho de 2024), 25% (julho de 2025) e 35% (julho de 2026).

A operação envolve a importadora Comexport, a maior empresa de comércio exterior do Brasil – que detém exclusividade com a BYD-, e a Nexus, que atua no ramo logístico automotivo e é subsidiária nacional do grupo japonês K-Line. A Nexus implantou há cerca de três anos um hub de veículos em Suape.

- Publicidade -

BYD usa vários armadores

Segundo Rafael Cristelo, gerente geral da K-Line, são tantos veículos enviados pela BYD que a Comexport está usando diversos tipos de armadores. A primeira leva de veículos chegou embarcada em rack, um tipo de contêiner aberto. Mas tem remessa vindo por contêiner tradicional e por navio ro-ro (roll on-roll off), que são ideias para cargas que desembarcam sob rodas.

Desde que a Nexus escolheu Suape como hub, o atracadouro tem reforçado seu perfil de porto automotivo, com desembarque de diversas montadoras, bem como porta de saída para os carros produzidos em Goiana pela Stellantis. Essa escolha, segundo Rafael Cristelo, se deu pela localização geográfica, pelo custo competitivo e pela parceria.

No caso dos desembarques da BYD a Nexus está fazendo a operação terrestre, recebendo os carros que desembarcam no terminal de contêineres do grupo filipino ICTSI, o Tecon Suape, e levando-os para o Pátio Público de Veículos de Suape (PPV), o chamado hub automotivo, onde faz gestão de despacho. De Suape, os milhares de carros seguem para os demais estados.

BYD realiza operação inédita no Porto de Suape, em Pernambuco
BYD ataca pelo mar, com operação em Suape, de onde os carros elétricos, serão distribuídos para concessionárias do Nordeste/Foto: Suape (Divulgação)

“Os carregamentos programados para o porto de Suape, em Pernambuco, fazem parte da estratégia da companhia de diversificar os locais de desembarque dos carros no Brasil, que serão distribuídos de acordo com a demanda das concessionárias espalhadas pelo país”, disse a direção da BYD.

Sediada na cidade de Shenzhen, a Build Your Dreams é a atual líder global na fabricação de carros, caminhões e ônibus movidos a baterias elétricas, depois de desbancar a Tesla – de Ellon Musk – no segmento de veículos de passeio, no último trimestre de 2023. A embarcação levou 34 dias para chegar à costa pernambucana, mobilizando um time com dezenas de profissionais, pela complexidade da operação e número de veículos.

A montadora vai distribuir seus veículos por 47 pontos de venda na região, no primeiro pacote de 200 previstos para o Brasil em 2024. A ordem é acelerar a rede comercial, no mesmo ritmo em que a greentech corre contra o tempo para ativar seu parque automotivo em Camaçari até o final do ano, com investimentos de R$ 5,5 bilhões.

Leia também:

BYD avança na guerra do carro elétrico movimentando 2 mil veículos em Suape

Concessionárias BYD avançam no NE, onde chinesa terá 47 revendas: veja localização

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -