NTT Data firma parceria com Porto Digital e deve gerar até 700 empregos em TI até 2023

Em 2022, a fundação administrada pela NTT Data oferecerá 22 mil bolsas de estudo para pessoas de todo o Brasil

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Com previsão de gerar 230 vagas na área durante este ano e até 700 até 2023, apenas em Pernambuco, a NTT Data, 6ª maior empresa de tecnologia da informação (TI) do mundo, anunciou sua entrada no ecossistema do Porto Digital. Além da geração de empregos na área, a meta da NTT Data também é atuar na formação de mão de obra na área de tecnologia. Para isso, irá oferecer durante este ano 22 mil bolsas de estudos para todo o Brasil, com o objetivo de formar novos talentos na área, por meio de suas plataformas, entre elas, o DIO (Digital Innovation One).

“A NTT Data é uma empresa de pessoas para pessoas, que chega ao Recife em busca de desenvolver os talentos através do nosso maior investimento, que é a formação de mão de obra na área de tecnologia para o desenvolvimento do setor”, explica o CEO da NTT Data no Brasil, Ricardo Neves.

NTT Data - Porto Digital
NTT Data vai gerar empregos para profissionais de todo o Brasil a partir do Porto Digital e também formar mão de obra especializada/Imagem: Reprodução/Redes Sociais

Para o CEO, só através dessas capacitações de pessoal é possível suprir o déficit que ainda existe na área de tecnologia. “Para se ter uma ideia, nos últimos dois anos, a NTT Data Brasil investiu em 60 mil bolsas de estudos em sete programas diferentes. Desse total, 4 mil pessoas ganharam certificação e 300 foram contratadas pela própria NTT Data”, reforça Neves.

“A prioridade está na formação e captação de novos talentos. O Porto Digital possui uma consolidada relevância no mercado de tecnologia local, o que faz com que novos interessados estejam sempre à sua procura”, afirma Virgínia Heimann, gerente-executiva do Norte/Nordeste da NTT DATA Brasil.

NTT Data consolida Porto Digital como polo de formação em TI

A chegada da NTT DATA ao Porto Digital dá continuidade ao crescimento do parque tecnológico, que conta com cerca de 350 empresas embarcadas responsáveis por gerar mais de R$ 3,6 bilhões em faturamento em 2021.

“O polo de inovação é não só um gerador de notas fiscais, como gostamos de dizer, mas também uma ferramenta de fomento à formação de nível superior em tecnologia e transformação digital, vetores importantes para economias cada vez mais integradas com o futuro. Com a NTT Data, temos uma das empresas de maior destaque no mundo para atuar nessas três frentes”, aponta o presidente do Porto Digital, Pierre Lucena.

Além da maior presença na cidade e poder oferecer oportunidades de formação a um novo público, a NTT DATA também contará com toda a infraestrutura do parque, podendo realizar seus próprios eventos. De acordo com Heimann, a ideia é trazer ao Porto Digital porta-vozes dos temas mais inovadores dentro do setor de Tecnologia e Inovação, como Metaverso e Inteligência Artificial.

“Um ecossistema forte como o existente aqui faz com que a busca pelo estudo e pela especialização em Tecnologia cresça à medida que o mercado se mostra cada vez mais aquecido e ramificado”, analisa Ricardo Neves.

Ainda de acordo com Neves, a expectativa de crescimento do hub do Recife é a maior entre todos da NTT DATA no Brasil, exatamente pela maturidade e possibilidades do mercado local.


Leia também – Softex Pernambuco investe na interiorização e inaugura núcleo em Caruaru

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias