Danilo Cabral aposta na prorrogação de incentivos fiscais para o NE crescer

Segundo a nova alteração do PL, "A Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), terão direito à redução de 75% (setenta e cinco por cento) do imposto sobre a renda e adicionais calculados com base no lucro da exploração"
O superintendente da Sudene, Danilo Cabral, espera que a aprovação do novo prazo de prorrogação impulsionem a economia da Região Nordeste. Foto: Divulgação.

Foi aprovada a redação do projeto de lei 4416/2021, que versa sobre a prorrogação por mais cinco anos (até 2028) dos atuais incentivos fiscais para empresas nas áreas de atuação das superintendências de do Nordeste (Sudene) Desenvolvimento da Amazônia (Sudam). Agora, o texto segue para o Senado.

O superintendente da Sudene, Danilo Cabral, explica como se daria o impacto da medida na ponta. “Os incentivos fiscais são um instrumento importante para a redução das desigualdades regionais. É uma forma de atrair investimentos, gerar emprego e renda e dinamizar a economia da região”, disse.

Cabral ainda lembrou que, nos últimos 10 anos, o Nordeste recebeu investimentos de R$ R$ 294,8 bilhões, através da Redução de 75% do IRPJ (Imposto sobre a renda das pessoas jurídicas) e Adicionais não Restituíveis e de Reinvestimento de 30% do IRPJ. “Isso resultou na geração de 1,3 milhão de empregos”, argumentou.

Para o mesmo período, explica Danilo, a Receita Federal contabilizou R$ 45,3 bilhões em renúncia fiscal para a região. “Se confrontarmos esses números com os investimentos registrados, temos uma relação de R$ 6,50 para cada Real de renúncia, o que demonstra a efetividade do incentivo”, destaca.

Leia o projeto de lei aprovado na íntegra

Leia também:
Lula e Humberto se encontram de olho nas eleições de 2024
Setor imobiliário vai receber injeção de R$ 250 milhões em Paulista-PE
Sindmetro recebe apoio de Paulo Câmara para financiar Metrô do Recife
Congresso, Alepe e Câmara do Recife retomam trabalhos
Renata Borba pode ser efetivada secretária de Cultura de PE
Raquel Lyra entrega chaves a 232 famílias depois de 17 anos de espera




- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -