Aeroporto de Petrolina receberá investimentos de R$ 56 milhões

A previsão é que as melhorias sejam concluídas até o final do primeiro semestre do próximo ano

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
O ministro Silvio Costa Filho anunciou a liberação na ordem de R$ 56 milhões para infraestrutura do Aeroporto de Petrolina. Foto: Foto: Eduardo Oliveira/MPor

Mais conforto, segurança e qualidade para os passageiros” que passam pelo aeroporto de Petrolina, em Pernambuco, assim destacou o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, do Republicanos, em sua apresentação, durante cerimônia realizada nesta segunda-feira (13), que deu início à nova fase das obras de expansão do segundo terminal aeroportuário que mais transporta passageiros no estado.

“O investimento é fundamental e necessário para ampliar as operações no terminal, gerar mais emprego e estimular a economia local. O nosso objetivo também é expandir o turismo de negócio e lazer, para que mais viajantes conheçam as belezas naturais de Petrolina. Ao lado do presidente Lula, estamos trabalhando todos os dias por Pernambuco e pelo Brasil”, comentou.

Administrado pela concessionária CCR Aeroportos desde março de 2022, o sítio aeroportuário terá, durante a segunda etapa de obras, pelo menos 15 novas intervenções que serão realizadas nos próximos meses, com investimento previsto de R$ 56 milhões. A previsão é que as melhorias sejam concluídas até o final do primeiro semestre do próximo ano. Os novos empreendimentos vão gerar 215 novos postos de trabalho.

“Esse terminal é porta de entrada para as belezas do sertão nordestino e para o ambiente de negócios desta região, que só tem crescido e possui boas perspectivas ao horizonte. Com a realização da obra, estamos entusiasmados em impulsionar o potencial econômico e turístico da região, proporcionando uma experiência aeroportuária de excelência para passageiros e parceiros comerciais”, ressaltou o CEO da CCR Aeroportos, Fabio Russo.

Sobre os investimentos


Entre os principais investimentos previstos na nova fase de intervenções do aeroporto, destacam-se a ampliação do pátio de aeronaves, a implantação do sistema visual indicador de rampa de aproximação (PAPI) em ambas as cabeceiras e a instalação e manutenção de sistema de desaceleração de aeronaves em Áreas de Segurança de Fim de Pista (RESA).

No terminal de passageiros, estão em andamento intervenções para ampliação e disponibilização de novos serviços, que vão proporcionar mais conforto e bem-estar aos viajantes. Ao final das obras, o aeroporto de Petrolina contará com uma esteira de restituição de bagagem e um novo pórtico de segurança para controle de acesso ao pátio e às aeronaves.

Movimentação do aeroporto

Nos nove primeiros meses deste ano, o aeroporto internacional de Senador Nilo Coelho, como também é conhecido, transportou mais de 364 mil passageiros para destinos no Nordeste e Sudeste do país. O terminal apresentou crescimento de 18,45% no número de pessoas transportadas na comparação com o mesmo período de 2022. Atualmente, o terminal conta com média de 87 voos semanais operados por 4 diferentes companhias aéreas brasileiras.

Além do Ministro Silvio Costa Filho, o lançamento das novas intervenções no aeroporto de Petrolina contou com as presenças do diretor-presidente substituto da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Tiago Pereira, do Secretário Nacional de Aviação Civil (SAC), Juliano Noman, e do Presidente da CCR, Fábio Russo, além do atual prefeito da cidade, Simão Durando (União), e o ex-prefeito de Petrolina Miguel Coelho (União).

Leia também:
Silvio Costa Filho visita Petrolina para lançamento de obras do aeroporto
Dueire e Luciana visitam centro de pesquisas em Campinas
Lula e Humberto debatem crescimento do PT em 2024
João Campos reúne bancada federal e solicita emendas, em Brasília
Governo Federal autoriza duplicação da BR-423 em Pernambuco

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias

Crédito para pessoa física cai na casa dos centavos, diz Anefac

Crédito entre 59,9% e 123,7% aa cai pouco

O crédito, segundo a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade, se mantém caro e não acompanha o ritmo de redução da taxa Selic, que caiu agora para o nível mais baixo desde março do ano passado

Leia mais »