PE: Homem é preso por tentativa de corrupção contra secretário da Fazenda

Suspeito foi denunciado por corrupção ativa após oferecer R$ 50 mil em dinheiro em caixa de cerveja entregue na casa do secretário
dinheiro corrupção
Foram apreendidas cédulas que totalizaram quase R$ 50 mil. Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um homem foi preso em flagrante, na quinta-feira (18), por oferecer vantagem indevida em dinheiro ao secretário da Fazenda de Pernambuco, Wilson de Paula. De acordo com o Governo do Estado, que divulgou o caso nesta sexta (19), o suspeito enviou cerca de R$ 50 mil para a casa do gestor, que denunciou a ocorrência e pediu a apuração imediata do crime.

“A denúncia que levou à prisão do suspeito partiu do próprio secretário Wilson de Paula, que após receber, na tarde da última quarta-feira (17), em sua residência, uma caixa de cerveja contendo em seu interior um pacote com várias cédulas no valor total de R$ 49.996, comunicou o fato imediatamente ao secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, pedindo apuração rigorosa”, afirmou o Governo de Pernambuco, em nota enviada à imprensa.

wilson de paula
Wilson de Paula, secretário da Fazenda de Pernambuco, denunciou o caso de corrupção ativa e pediu apuração imediata. Foto: Nando Chiappetta/Arquivo/Alepe

Eleita tendo o combate à corrupção como um de seus principais motes, a gestão da governadora Raquel Lyra (PSDB) e da vice-governadora Priscila Krause (Cidadania) valorizou o desfecho positivo da ocorrência. “A Gestão Raquel Lyra condena e não vai tolerar nenhuma tentativa de atos de corrupção contra qualquer integrante do governo”, finalizou.

Detido pela Polícia Civil, o suspeito passará por audiência de custódia e será investigado pelo crime de corrupção ativa, que tem pena que vai de dois a 12 anos de prisão. A identidade do homem e a natureza do favorecimento que ele supostamente pleiteava não foram informados pelas autoridades policiais.

Estado lançou programa para combater corrupção

O Governo de Pernambuco lançou, em 9 de fevereiro de 2023, seu programa anticorrupção. O Programa Pernambuco Mais Íntegro (PPMI) tem o objetivo de estabelecer diretrizes para promoção da ética e probidade na gestão pública e conta com dois pilares.

- Publicidade -

O primeiro estabelece as diretrizes para a promoção da ética e probidade nas relações entre a administração pública e o setor privado. O segundo pilar define a estrutura para que órgãos e entidades da gestão criem seus programas de integridade.

A Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE) tem a competência de apoiar a implementação do PPMI e pode colaborar com outras unidades da gestão. Para facilitar a coordenação dos planos e programas, a pasta desenvolveu e disponibilizou um manual para implementação de programas de integridade.

Leia mais: Governo de Pernambuco lança Programa Anticorrupção

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -