terça-feira, 16/04/2024

BYD inicia obras em Camaçari com investimentos de R$ 3 bilhões

BYD vai construir sua unidade do zero e a produção deve começar até 2025.
BYD
Representantes da BYD e do Governo da Bahia celebram início das onras/Foto: Matheus Landim/GOVBA

A montadora chinesa Build Your Dreams (BYD) deu início às obras de sua fábrica em Camaçari, na Bahia, nesta terça-feira (05). A empresa é a maior produtora de carros elétricos do mundo, e vai se instalar no mesmo local antes ocupado pela automobilística Ford, que encerrou suas atividades no brasil em 2021.

O futuro com plexo da BYD, na Região Metropolitana de Salvador, será o maior fora da China e será erguido do zero, conforme anunciado pela empresa em cerimônia que contou com o presidente da montadora no Brasil, Tyler Li, o CEO Alexandre Baldy e o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT). As unidades antes ocupadas pela Ford serão destinadas aos fornecedores.

- Publicidade -

“A BYD tem como política de progresso, de investimento, atrair para dentro do seu polo fabril o maior número possível de fornecedores locais e nacionais. Em alguns modelos nossos, existem mais de 73% de fabricação de partes e peças dentro da planta industrial e aqui esse objetivo será nessa direção. Nosso objetivo é que, ao fim deste ano, consigamos ter, na primeira fase, carros sendo montados nessa planta, que nós tenhamos a fabricação completa saindo para Camaçari, para a Bahia, para todos os estados do Brasil”, declarou Baldy.

“Os carros que serão exportados deste local, levarão a imagem e o nome de Camaçari para a Bahia e o Brasil. Muita gente virá a Camaçari para fazer negócios, para conhecer a planta, para entender como funciona aqui”, disse Jerônimo Rodrigues.

“Ao olharmos para o futuro, estamos entusiasmados com as oportunidades que esta nova fábrica irá gerar. Não apenas em termos de emprego, mas também no que diz respeito ao desenvolvimento de novas tecnologias e à contribuição para uma economia mais sustentável”, disse Tyler Li, presidente da BYD Brasil.

- Publicidade -

O investimento é de R$ 3 bilhões. Só pela área, que possui 4,6 milhões de metros quadrado, a BYD pagou ao Governo da Bahia R$ 287 milhões. A empresa deve gerar 10 mil empregos.

Conforme o cronograma da empresa, a primeira etapa das obras prevê 26 novas instalações, incluindo, pista de testes, que vão ocupar uma área de cerca de 1 milhão de metros quadrados.

Produção da BYD

A capacidade instalada é de 150 mil veículos por ano durante a primeira fase de implantação. Os primeiros carros fabricados no complexo serão o BYD Dolphin; o BYD Song Plus, híbrido plug-in com autonomia de mais de mil quilômetros; o BYD Yuan Plus, carro moderno e 100% elétrico; e o BYD Dolphin Mini, recém-lançado no Brasil.

“Camaçari de volta aos holofotes nacionais da indústria brasileira, transformando a cidade baiana em um polo de atração de fornecedores diversos ligados a toda cadeia produtiva, desde peças e acessórios até prestadores de serviços, dando prioridade a fornecedores locais”, ressalta Alexandre Baldy, conselheiro especial da BYD.

Gerônimo Rodrigues
Gerônimo Rodrigues durante lançamento das obras/ Fotos: Matheus LandimGOVBAA

Em cinco anos, a empresa espera atingir o processo de nacionalização de componentes locais e um dos objetivos é a fabricação das baterias de lítio. “Esse é um dos investimentos que não estão mencionados nesse pacote aqui anunciado, dentro de um planejamento para que, em uma discussão com os governos federal e estadual, consigamos aumentar, pelo menos, 70% os componentes locais em solo brasileiro”, detalhou o conselheiro da BYD. 

O governador Gerônimo Rodrigues disse que antes da BYD chegar a Bahia, já estavam sendo feitos aportes em segurança pública, educação para  formação de mão de obra para atuar nas obras e fábrica, em água e esgotamento sanitário e estruturas de saúde. “A cidade vai ganhar um novo perfil de público, estimulando, inclusive, através da Secretaria da Fazenda, novos investimentos em pousadas, hotéis, restaurantes, bares”, completou.

Leia também:

Toyota deve investir R$ 11 bilhões no Brasil
Carro elétrico popular: Lecar briga com BYD pela Ford Bahia

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -