Luciano Szafir e LJS Educar se unem para aumentar o número de leitores no país

A organização é sem fins lucrativos que tem como propósito realizar ações de incentivo à leitura em todo o país.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Zafir
Luciano Zafir: esforço para promover a leitura/Foto: divulgação

O ator e empresário Luciano Szafir uniu forças com o Grupo LJS Educar. A parceria se dedica a fomentar a leitura entre estudantes da rede pública através de projetos educacionais e já alcançou diversas cidades pelo país.

Dados educacionais no Brasil apontam uma fragilidade nos índices de leitura no país. Estima-se que o brasileiro lê, em média, menos de 5 livros ao ano (considerando a leitura parcial) e menos de 3 completos. O baixo hábito reflete anualmente nos vestibulares.

No último levantamento acerca do aproveitamento na redação do ENEM, apenas 22 alunos obtiveram nota máxima, e quase 100.000 zeraram a dissertação. Tratando-se de um texto dissertativo-argumentativo, a redação do exame também aponta a dificuldade dos estudantes com relação a capacidade de interpretação de texto, criação de repertório e debates contemporâneos, pilares extraídos de uma boa formação literária.

Szafir e os sócios têm se dedicado exclusivamente à implementação de projetos voltados para a rede pública, incluindo a formação para professores e maior presença da literatura na vida familiar. Cerca de 90.000 kits pedagógicos já foram distribuídos para instituições de ensino, beneficiando 450.000 usuários, entre professores, estudantes e seus familiares.

Ainda para este ano, a união entre Szafir e Sandro Lopes, presidente do Grupo LJS, empenha-se em investir no desenvolvimento de novas tecnologias para agilizar a operação educacional. O Grupo busca expandir o mercado e se tornar o maior distribuidor de projetos educacionais do país em até 5 anos, contribuindo ainda mais para a alfabetização e a formação de novos alunos no presente e de profissionais no futuro.

E os esforços não param por aí. O Grupo, comprometido com o incentivo à educação, está em processo de expansão, com objetivo de ampliar seu legado para as áreas de tecnologia, estratégia e marketing em abrangência nacional. Na última edição da Bienal do Livro do Rio de Janeiro, também foi lançado o Instituto Formando Leitores, onde Luciano assumiu a presidência.

A organização é sem fins lucrativos que tem como propósito realizar ações de incentivo à leitura em todo o país, viabilizando o desenvolvimento de atividades de responsabilidade social, pesquisas, campanhas literárias, cursos, capacitações, avaliações de resultados de projetos literários, palestras, debates e simpósios.

Leia também:

Empresários do Nordeste reagem à tributação de incentivos fiscais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias