Raquel Lyra, Iberdrola e Neoenergia debatem transição energética renovável em PE

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Reunião acontece um dia depois do acordo sobre gestão compartilhada de Fernando de Noronha e da inauguração do Complexo Renovável Neoenergia

Governadora Raquel Lyra recebe atores que podem acelerar transição de energia renovável em Pernambuco, no Palácio do Campo das Princesas Foto: Hesíodo Goes/ SECOM


A ampliação do uso de energias renováveis no estado de Pernambuco está no planejamento da governadora Raquel Lyra (PSDB). Nesta quinta-feira (23), a governadora recebeu o presidente executivo da Iberdrola, Ignacio Galán, para alinhar formas de buscar investimentos em novas linhas de transmissão, junto ao Governo Federal, para aumentar o uso de energias sustentáveis como a eólica e solar, desde que sejam desenvolvidas a partir de uma visão integrada de eficiência econômica, ambiental e social.

A discussão é feita um dia depois da homologação do acordo envolvendo Governo Federal e Governo de Pernambuco sobre o compartilhamento de gestão de Fernando de Noronha. Na cerimômia do acordo, que contou, inclusive, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, ressaltou a importância de referenciar um novo paradigma em torno das áreas de preservação ambiental em todo País.

“Pernambuco detém hoje três grandes fábricas de equipamentos para geração de energia eólica. O Estado conta, ainda, com várias empresas de menor porte que fabricam partes e componentes para as fábricas de maior porte. Ao contrário dos grandes parques eólicos e solares, cuja massa de empregos se dá apenas na fase de construção, os fabricantes de equipamento geram empregos diretos e indiretos de forma permanente”, explicou Raquel Lyra, ressaltando a importância da geração de empregos não apenas para o arquipélago, assim como também para todo o Estado.

Vale a pena lembrar que, em 2017, a Iberdrola comprou 60% do grupo brasileiro de geração de energia eólica e hídrica, Neoenergia por 5,1 bilhões de reais. A empresa de origem espanhola ainda atua na distribuição de gás natural e na geração e distribuição de energia elétrica, tornando-se ao longo dos seus 170 anos uma das maiores empresas de eletricidade por capitalização de mercado do mundo.

“A Iberdrola e a Neoenergia são empresas comprometidas com a transição energética. A possibilidade de debater o assunto com o Governo de Pernambuco e saber que o estado também tem interesse em investir em matrizes sustentáveis de energia torna o objetivo mais acessível”, destacou o presidente executivo da Iberdrola.

O CEO da Neoenergia, Eduardo Capelastegui, relatou que Fernando de Noronha é um exemplo do compromisso da Neoenergia com a descarbonização e sustentabilidade nos seus negócios. “Através do Programa Energia Sustentável Noronha, estamos desenvolvendo soluções energéticas renováveis e de estímulo à preservação do ecossistema na Ilha. Nos próximos anos, continuaremos investindo para tornar o arquipélago um exemplo de sustentabilidade para todo o mundo”, afirmou.

Eduardo Capelastegui esteve nesta quarta-feira (22), na Paraíba, onde descerrou a placa de inauguração do Complexo Renovável Neoenergia, no município de Santa Luzia, no Sertão paraibano, junto com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro Alexandre Silveira (Minas e Energia) e o governador da Paraíba João Azevêdo (PSB).

O complexo paraibano é o primeiro associado de geração de energia renovável no Brasil que, de forma inédita, integra a geração de energia eólica e solar. O complexo se estende por uma área de 8,7 mil hectares nos municípios paraibanos de Santa Luzia, Areia de Baraúnas, São José de Sabugi e São Mamede.

“(Na Paraíba), o projeto representa a visão integrada que temos dos nossos negócios. Acreditamos que o caminho promissor para um futuro mais econômico e sustentável aponta para a geração de energia por fontes renováveis integradas através de redes inteligentes”, comentou Eduardo Capelastegui.

Com essas referências, Pernambuco entra na fila para desenvolver e migrar também para quem sabe executar um ‘projeto piloto’ em Fernando de Noronha para quem sabe expandir ao continente com mais efetividade com investimentos na área de energias renováveis.

Além de Raquel Lyra, Eduardo Capelastegui e Ignacio Galán, também participaram da reunião no Palácio do Campo das Princesas, a vice-governadora Priscila Krause, os secretários estaduais Fernando Holanda (chefe da Assessoria Especial), Fabrício Marques (Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Regional) e Guilherme Cavalcanti (Desenvolvimento Econômico); o diretor-presidente da Neoenergia Pernambuco, Saulo Cabral; e a diretora-presidente adjunta da Neoenergia, Solange Ribeiro.

Amupe realiza seminário “Mulheres e Políticas Públicas”


A presidenta da Associação Municipalista de Pernambuco, a prefeita de Serra Talhada Márcia Conrado, foi a anfitriã ao lado da secretária da Mulher da Amupe, a prefeita de Lagoa do Carro Judite Botafogo, do seminário “Mulheres e Políticas Públicas”, realizado nesta quinta-feira, dia 23, na sede da instituição. O evento reuniu palestrantes, que trouxeram temas relevantes para o público feminino, como a maior participação das mulheres na política e nas posições de liderança.

A presidente da Amupe e prefeita de Serra Talhada, Márcia Conrado (PT)


Bombeiros

Em menos de cem dias de gestão, a governadora Raquel Lyra anunciou investimentos de mais de R$ 23 milhões que serão destinados ao Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco e a Defesa Civil. Os recursos dão início ao trabalho de reestruturação das forças operacionais das polícias de todo o estado. O anúncio, feito pela chefe do Executivo e pela vice, Priscila Krause, ocorreu nesta quinta-feira (23), no Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), localizado na beira-mar de Piedade.

Pesquisas com tubarões
A governadora Raquel Lyra também assinou hoje um edital, no valor de R$ 500 mil, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), para financiar estudos para políticas públicas de preservação e mitigação de incidentes com tubarões e invasão do peixe-leão no litoral do estado. O formulário eletrônico para os pesquisadores submeterem suas inscrições ficará disponível no Sistema AgilFAP a partir desta quinta-feira (23) até o dia 23 de abril. A previsão para divulgação dos resultados através do site da FACEPE e Diário Oficial do Estado é 10 de junho. Já a contratação dos projetos aprovados ocorrerá a partir de 15 junho.





Ação Inverno: PCR promove investimento recorde, novos protocolos e uso da tecnologia

Prefeito João Campos (PSB) diz que investimentos vão beneficiar cerca de 58 mil pessoas diretamente


Valor investido pelo município (R$ 225 milhões) cresce mais de 50% em relação ao ano passado e é o maior da história, aporte ainda é reforçado por R$ 66 milhões oriundos do Governo Federal para obras de encostas. Obras para a eliminação de pontos de acúmulo de água e ações educativas da Defesa Civil também estão inseridas nas ações, além de novos procedimentos de atuação e comunicação à população.

R E S U M O

  • R$ 225 milhões em investimento com recursos do tesouro municipal;
  • R$ 66 milhões em investimento por meio de convênio com o Governo Federal;
  • Mais de 3,3 mil profissionais participam da Ação Inverno 2023;
  • 9 secretarias e órgãos municipais diretamente envolvidos;
  • 3,5 milhões de metros quadrados de lonas plásticas (800 campos de futebol);
  • Cobertura de 15 mil pontos de risco;
  • Aplicação de 32 mil m² de geomanta;
  • 12 mil ações porta-a-porta;
  • 55 mil vistorias em locais de risco;
  • 1200 obras do Programa Parceria;
  • Limpeza de 99 canais;
  • 738 agentes e orientadores de trânsito;
  • 207 câmeras;
  • 110 semáforos com nobreaks




Leia também:
Complexo de energia renovável de R$ 3 bilhões é inaugurado no Sertão
Ignorando pressão, Copom mantém taxa de juros em 13,75%
Lula e Raquel Lyra assinam acordo sobre gestão compartilhada de Fernando de Noronha

Lula encontrará Raquel Lyra no Palácio e João Campos no Geraldão
Tadeu Alencar anuncia mais de 4 mil prisões de crimes contra a mulher em três semanas
Em Brasília, Raquel Lyra apresenta painel em Fórum Internacional promovido pelo BID
Recife: em apenas 2h é possível abrir uma empresa, um recorde nacional
Secretário diz que Arco Metropolitano é prioridade na gestão de Raquel Lyra

Lula atende pleito de João Campos e libera R$ 66,8 milhões para obras de encostas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias