Softex abre vagas para formar 500 desenvolvedores de software em PE e no RN

Curso combina conhecimento teóricos e práticos, com estágios pagos em diversas empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) do Nordeste
Softex FAP
O FAP tem o objetivo de formar 1.500 desenvolvedores de softwares, sites e aplicativos nos dois estados / Foto: Softex/Divulgação

O Centro de Excelência em Tecnologia de Software de Pernambuco (Softex), que integra o ecossistema do Porto Digital do Recife, abriu inscrições para a terceira turma ao curso de Formação Acelerada em Programação (FAP).

São 500 vagas para estudantes que completem 18 anos até a conclusão da formação, que acontecerá em instituições do estado e no Rio Grande do Norte. A iniciativa tem patrocínio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

- Publicidade -

O prazo termina na sexta-feira (20). Para se inscrever é preciso acessar o site oficial do Softex. O FAP tem o objetivo de formar 1.500 desenvolvedores de softwares, sites e aplicativos em Pernambuco, interior do estado e Rio Grande do Norte.

O curso combina conhecimento teóricos e práticos – inclusive, com estágios pagos em diversas empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) do Nordeste.

Os estudantes terão a oportunidade de aprenderem tecnologias em 144 horas no formato presencial e 56 horas de atividades complementares (Educação à Distância – EAD), totalizando 200 horas de aulas.

- Publicidade -

Terceira turma do Softex

Essa é a terceira turma do FAP realizada pelo Softex/PE. A última formatura aconteceu em janeiro passado. A estratégia pedagógica do curso tem pelo menos duas importantes trilhas de formação: Black End e Front End.

O curso será ministrado no Centro de Formação Softex Recife (Rua da Guia, 142, Bairro do Recife Antigo), no Armazém da Criatividade, em Caruaru; no Campos Universitário da Facape, em Petrolina; na Unifacol, em Vitória de Santo Antão e no Campus Universitário da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal.

O FAP entrou em prática em 2022 após uma ação integrada do setor de TIC, liderada pela Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro).

A entidade lançou um manifesto pela manutenção da competitividade tecnológica do país e a geração e preenchimento de empregos de qualidade. 

* Com informações do Softex

Leia mais: Serpro instala base no Porto Digital para “vender” soluções a governos do Nordeste

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -