Lula vai ao Ceará e Rio Grande do Norte nesta sexta-feira

Primeiro, Lula será recebido pelo presidente do Banco do Nordeste, Paulo Câmara, na sede da instituição, em Fortaleza
Teresina (PI),  31.08.2023 – Presidente Lula anuncia, em Teresina, Empreendimentos do PAC no Estado do Piauí, no Centro de Convenções. Foto: Ricardo Stuckert/PR
Teresina (PI), 31.08.2023 – Presidente Lula anuncia, em Teresina, Empreendimentos do PAC no Estado do Piauí, no Centro de Convenções. Foto: Ricardo Stuckert/PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua sua passagem pelo Nordeste nesta sexta-feira (1/8), quando vai aos estados do Ceará e Rio Grande do Norte, depois da quinta-feira (31/8) no Piauí. Primeiro, Lula será recebido pelo presidente do Banco do Nordeste, Paulo Câmara, na sede da instituição, às 10h, em Fortaleza. Lá, o petista participará de evento em comemoração aos 25 anos do Crediamigo e 18 anos do Agroamigo, que são programas de microcrédito do banco voltados para o Nordeste.

O BNB qualifica os seus programas como as maiores e mais bem-sucedidas experiências em microfinanças da América Latina. A carteira cativa do Crediamigo é de cerca de R$ 5 bilhões para aproximadamente dois milhões de pessoas, nos nove estados do Nordeste, Norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Por sua vez, o Agroamigo atende a 1,3 milhão de produtores rurais com microcrédito orientado. A carteira ativa do programa supera a marca dos R$ 6,6 bilhões.

Portanto, o gesto de Lula pelo ex-governador de Pernambuco pode aproximar ainda mais Paulo Câmara do PT, já que o presidente do BNB continua sem partido depois de ter se desfiliado do PSB, nos primeiros dias de 2023, antes de assumir a diretoria do banco. Também vale a pena lembrar que, o governador do Ceará, Elmano de Freitas é do PT.

Paulo Câmara é o presidente do BNB e vai receber o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na sede do banco, em Fortaleza. Foto: Ascom/BNB

Apenas para se ter uma ideia, em 2022, o banco desembolsou R$ 49 bilhões em empréstimos e financiamentos para empresas, um volume recorde. Este é o tamanho do orçamento que Paulo Câmara está usando em 2023.

No primeiro semestre, O Banco do Nordeste (BNB) contratou, nos primeiros seis meses deste ano, R$ 21,3 bilhões, em toda sua área de atuação, com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Foi o maior volume registrado na história do banco em um primeiro semestre. O segundo melhor resultado foi em 2022, com R$ 15,8 bilhões contratados. Na comparação entre os dois períodos, o crescimento foi de 34,8%.

O FNE é a principal fonte de recursos do Banco e foi responsável por alavancar os projetos de infraestrutura, como os de energia e logística. Para esse setor, o BNB destinou R$ 6,5 bilhões nos seis primeiros meses de 2023. Houve um aumento expressivo no setor industrial, que contratou R$ 2,4 bilhões este ano, 73% a mais que no ano passado.

Entre os demais setores, as contratações foram de R$ 5,1 bilhões em agricultura, R$ 3,3 bilhões em pecuária, R$ 1,9 bilhão em comércio, R$ 1,7 bilhão em serviços e R$ 178 milhões em agroindústria.

“Esses números demonstram a atenção que o Banco do Nordeste confere a todos os setores pensando de forma estratégica na recuperação consistente da economia. Apoiamos a infraestrutura para atrair novos negócios, a indústria para ofertar insumos para o mercado e no agronegócio para produção de alimentos no meio rural”, explica o presidente do BNB, Paulo Câmara.

Rio Grande do Norte

A candidata ao governo do Rio Grande do Norte pelo PT, Fátima Bezerra

Também em solo governado por uma petista, nesse caso, Fátima de Freitas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desembarca no Rio Grande do Norte, nesta sexta-feira (1/08), para visitar as obras do Ramal do Apodi – Túnel Major Sales, no Canteiro Administrativo ALYA, localizado no município de Luís Gomes. A obra que faz parte da Transposição do Rio São Francisco, está na lista que deve ser viabilizada com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que deve retomar 600 obras no estado. Será a primeira vez que o presidente vai ao RN desde o início do Governo Lula 3.

Fátima de Freitas deve fazer o lançamento do programa Água Para Todos, uma das promessas de campanha de Fátima. Em 2022, a governadora elencou como prioridades a segurança hídrica e a infraestrutura, assim como o novo hospital de traumas e a duplicação da BR-304.

A deputada estadual do RN, Isolda Dantas (PT), destacou que no lançamento do PAC, no Rio de Janeiro, R$ 45 bilhões seriam destinados para o RN. “O presidente Lula visitará o estado para fazer um anúncio sobre as obras do PAC. É um volume muito alto de recursos, mas as obras são grandiosas. O presidente virá para anunciar a construção do Ramal Apodi do São Francisco, esta que é a última ponta que falta para as águas chegarem no RN. É uma obra muito importante para todo o RN e principalmente para a população do oeste e alto oeste. Outra obra importante é a duplicação da BR 304. Nos últimos 5 anos, 139 pessoas morreram na via”, pontuou.

Piauí

Teresina (PI), 31.08.2023 – Presidente Lula anuncia, em Teresina, Empreendimentos do PAC no Estado do Piauí, no Centro de Convenções. Foto: Ricardo Stuckert/PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira (31) que o Estado brasileiro vai ser indutor do desenvolvimento. “Se o governo não tiver credibilidade, se não oferecer garantias, estabilidade política, estabilidade jurídica, estabilidade social. Não é apenas ter mais energia ou menos energia. É preciso saber se as condições sociopolíticas e jurídicas estão garantindo que as pessoas coloquem o seu dinheiro e por aquele dinheiro recebam o resultado dele como lucro, para gerar os empregos”.

- Publicidade -

Durante a cerimônia de anúncio de empreendimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Piauí, Lula classificou o programa como o começo de uma história que já deu certo no Brasil. “O que estamos fazendo aqui é provar que o Estado brasileiro, no nosso governo, vai ser indutor do desenvolvimento. É por isso que a gente quer saber, em cada região, o que é necessário”.

No Piauí, a previsão é que o programa invista R$ 56,5 bilhões em obras e serviços – incluindo a duplicação da BR-343 (Teresina – Altos), a construção da BR-330, a adutora de Jaicós, a Barragem Nova Algodões e moradias do Minha Casa, Minha Vida. Segundo a Casa Civil, que coordena o Novo PAC, os investimentos para o estado foram distribuídos da seguinte forma:

Educação, ciência e tecnologia – 14,6 bilhões

Cidades sustentáveis – R$ 11,5 bilhões

Transporte eficiente e sustentável – R$ 10,5 bilhões

Transição e segurança energética – R$ 7,3 bilhões

Água para todos – R$ 7,2 bilhões

Inclusão digital e conectividade – R$ 3 bilhões

Saúde – R$ 1,1 bilhão

Inovação para indústria da defesa – R$ 900 milhões

Infraestrutura social – R$ 300 milhões

Na prática, os recursos serão usados na construção de creches, unidades básicas de saúde, linhas de transmissão de energia elétrica, barragens, adutoras, moradias, por meio do programa Minha Casa Minha Vida, além de contemplar projetos em energias renováveis. Entre as obras aprovadas no Novo PAC também estão melhorias em algumas das principais rodovias do Piauí, como a BR-343, BR-316 e BR-330.

Confira aqui o detalhamento das obras do PAC em todos os estados.

Novo PAC


O Novo PAC foi lançado pelo governo federal em 11 de agosto e prevê investimentos de R$ 1,7 trilhão em obras e projetos em todo o país, com foco em moradia, mobilidade urbana e energia.

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, visitará todos os estados do país, apresentando as obras do programa e buscando novos investimentos privados. O giro começou na semana passada, em São Paulo. Em alguns estados, como hoje no Piauí e amanhã (1º) no Rio Grande do Norte, a agenda contará com a presença do presidente Lula.

Leia também:
Sudene aprova R$ 166,7 milhões em investimentos para 10 empresas em PE
Com aval de Lula, Paulo Câmara presidirá BNB que emprestou R$ 49 bilhões em 2022
Estudo da CNM aponta que 45% dos municípios de PE fecham o 1º semestre no vermelho
Prefeitas e prefeitos reclamam de queda nas receitas e no repasse do FPM
Raquel Lyra pede ‘clareza’ na audiência sobre a Reforma Tributária no Senado
Lula vai criar ministério de pequena e média empresa. Silvio Costa Filho pode assumir a pasta

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -