terça-feira, 16/04/2024

Aeroportos da Aena no Nordeste registram aumento de quase 10% no número de passageiros

O aeroporto de Maceió registrou o segundo maior crescimento do primeiro bimestre de 2024 em relação ao mesmo período do ano passado, com 18,4% a mais de passageiros
Aeroporto Zumbi dos Palmares Maceió
Aeroporto Zumbi dos Palmares, em Maceió, registrou 509.961 passageiros nos dois primeiros meses do ano, aumentando em 11,3% o fluxo em comparação ao mesmo período do ano anterior. Foto: Divulgação

Por Vanessa Siqueira, de Alagoas

Os aeroportos de Maceió, Aracaju e Campina Grande, na Paraíba, registraram um fluxo de mais de 1,2 milhão de passageiros no mês de fevereiro. Os dados do acumulado dos meses de janeiro e fevereiro de 2024 mostram que 2.816.616 pessoas circularam nos seis aeroportos administrados pela empresa Aeroportos do Nordeste do Brasil (Aena), um aumento de 9,3% em relação ao primeiro bimestre de 2023.

- Publicidade -

A Aena é responsável pela administração dos aeroportos de Maceió, Recife, João Pessoa, Aracaju, Campina Grande e Juazeiro do Norte. De acordo com os dados, estes aeroportos tiveram um aumento de 11% no fluxo de passageiros no mês de fevereiro deste ano em comparação com o mesmo período de 2023.

Em fevereiro, o aeroporto de Campina Grande teve o maior crescimento do mês no fluxo de embarques e desembarques, registrando 189,9% de aumento em comparação ao mês de fevereiro de 2023.

O aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, em Maceió, registrou o segundo maior crescimento, com 18,4% a mais de passageiros no período, totalizando 212.460 registros no comparativo do calendário 2023/2024.  

- Publicidade -

O terminal, que foi reinaugurado pela Aena em 2023 com mais do dobro do espaço inicial – passou de 994 m² para 2.062 m² – e agregando novas marcas e serviços para os consumidores, com 15 pontos de lojas e serviços e 16 de alimentação  

Aracaju aparece em terceira colocação com um aumento de 15,7%, seguido do aeroporto de João Pessoa, com elevação de 16% na circulação de passageiros.

O terminal de Juazeiro do Norte, na Bahia, registrou pequena elevação, de 9,9%, ficando à frente do aeroporto de Recife, que teve um aumento de 6,8% no número de passageiros em fevereiro.

Em números absolutos, o Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, no Recife, registrou o maior número de passageiros, com 1.652.206 que embarcaram e desembarcaram nos meses e janeiro e fevereiro. Em comparação ao ano de 2023, houve um crescimento de 5,7% no total de passageiros.

Já Maceió registrou 509.961 passageiros nos dois primeiros meses do ano, aumentando em 11,3% o fluxo em comparação ao mesmo período do ano anterior.

O terminal de Aracaju registrou um total de 224.203 passageiros, com aumento de 15,3% em comparação ao ano passado. Em seguida, está o aeroporto de João Pessoa, com 295.990 passageiros, Juazeiro do Norte com 80.956 mil, e o aeroporto de Campina Grande, com 53.300 embarques e desembarques em janeiro e fevereiro de 2024.

Aeroportos propulsores de turismo

Maceió tem sido uma das opções mais frequentes de destinos nacionais elencados pelas principais operadoras de turismo do país. A CVC registrou que a capital alagoana estava entre os destinos mais procurados para a Semana Santa.

O turismo de passageiros de outros países também têm crescido. Segundo dados da Polícia Federal, divulgados pela Embratur e analisados pela Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas, em 2023 o aeroporto de Maceió registrou o maior fluxo de passageiros internacionais dos últimos sete anos, com cerca de 10 mil desembarques de diferentes partes do mundo.

“Estamos, cada vez mais, engajados na ampliação do crescimento e fortalecimento das vendas do nosso destino. Nossa atuação tem sido incansável em eventos promocionais do trade turístico local, nacional e internacional, em parcerias com Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH/AL), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/AL), Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) e outras instituições e empresas parceiras”, afirmou o secretário municipal de turismo de Maceió, Eduardo Monteiro.

Leia mais: Com mais voos e cruzeiros, Alagoas movimentará R$ 2 bilhões em turismo

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -