Vivix vai usar energia solar na sua planta de Goiana, em Pernambuco

Tanto a Atiaia como a Vivix pertencem ao tradicional grupo pernambucano Cornélio Brennand

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Usina Solar Fotovoltaica Maravilhas I, em Goiana, vai fornecer 100% da energia utilizada pela Vivix, que fabrica vidros planos em Goiana. Foto: Divulgação

Uma das maiores consumidoras de energia elétrica em Pernambuco, a Vivix Vidros Planos vai passar a receber 100% da energia que utiliza da Usina Solar Fotovoltaica Maravilhas I, parque solar construído pela Atiaia Renováveis em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. Ambas as empresas pertencem ao tradicional grupo pernambucano Cornélio Brennand.

A usina Maravilhas I foi construída exclusivamente para atender a Vivix e está localizada a 1,6 km da fábrica de vidro, também no município de Goiana. O parque solar já está em plena operação e possui 27,5 megawatts (MW) de potência. A empresa terá 100% do seu consumo de energia elétrica abastecido por um parque solar.

Instalada num terreno com área útil de 85 hectares, as obras do parque solar geraram cerca de 280 empregos, entre mão de obra direta e indireta. Com tecnologia de ponta, os equipamentos para a construção do Maravilhas I foram importados da China e da Espanha, também com peças do Brasil.

A Vivix optou por consumir uma energia renovável para estar alinhada com as estratégias de ESG (Environmental, Social and Governance). A partir de agora, toda a sua operação fabril funciona a partir da geração de energia elétrica limpa, renovável e certificada. “A parceria com a Atiaia Renováveis está totalmente alinhada com nossas metas de sustentabilidade e levará a fábrica de Vivix a ser a primeira do setor no Brasil a ter um parque solar que abastecerá 100% da necessidade de energia elétrica da indústria”, explica o presidente da Vivix Vidros Planos, Henrique Lisboa.

A Vivix é signatária do Pacto Global da ONU e participante do HUB ODS (dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) em Pernambuco – iniciativas que reúnem empresas que desejam promover ações para o enfrentamento dos desafios da sociedade, como o uso de energias renováveis, respeito ao meio ambiente, combate as desigualdades etc.

A Vivix produz vidros planos destinados a atender aos mercados de construção civil, decoração e moveleiro, com moderna tecnologia e alto padrão de qualidade. Fazem parte do portfólio da empresa os vidros planos incolores e coloridos (Vivix Colora), laminados (Vivix Lamina), espelhos (Vivix Spelia), pintados (Vivix Decora) e proteção solar (Vivix Performa).

Segundo informações da empresa, a fábrica da Vivix utiliza uma tecnologia inédita no Brasil, a L.E.M.™ (Low Energy Melter™), a qual permite à empresa ter um processo de produção bastante eficiente do ponto de vista energético. A indústria é uma das poucas de vidros float do mundo a utilizar o método “Mine to Line”, que consiste em controlar a fabricação do vidro a partir da extração das matérias-primas em minas próprias. Para isso, a Vivix possui uma usina de beneficiamento situada no município de Pedras de Fogo, no estado vizinho da Paraíba.

Como o nome diz, a Atiaia Renováveis é uma empresa de geração e comercialização de energias renováveis e desenvolve projetos de energia solar fotovoltaica, hidroenergética e eólica. A empresa possui oito pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) em operação e uma em construção, chegando a uma capacidade instalada de 243 Megawatts médios (MWm). Também desenvolve projetos que vão totalizar 1.7 gigawatt (GW) em PCHs, usinas solares e eólicas, sendo que os dois últimos são destinados aos seus clientes no mercado livre de energia.

Leia também

Atiaia vai atende 100% da demanda da Vivix por energia solar

Economia do Nordeste vai crescer mais este ano e nos próximos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias