Incubação para startups nas áreas de saúde e educação no Recife

Projeto é uma parceria da Faculdade Pernambucana de Saúde e do IMIP

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Startups inovadoras na área de educação e saúde poderão ser incubadas no Centro de Inovação em Saúde e Educação (FOZ), uma instituição criada pela Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS) e pelo Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP). O espaço será inaugurado nesta quarta-feira (06) às 18 horas e ficará dentro das instalações da FPS, no Bairro da Imbiribeira, no Recife.

incubadora
A incubadora FOZ pretende selecionar seis startups que desenvolvam soluções nas áreas de saúde e educação/Foto: Divulgação

O espaço será dedicado ao fomento do empreendedorismo e da inovação como forma de transformar a saúde e educação. “O Centro de Inovação tem como objetivo conectar estudantes, profissionais da saúde e da educação, inovadores, empreendedores, investidores e startups a desenvolverem novos produtos, tecnologias, soluções e serviços que possam trazer impactos no desenvolvimento educacional e nos tratamentos de saúde”, disse o diretor da FOZ, Philippe Magno.

Incubadora selecionará startups em fase de construção

O ambiente terá um coworking e um programa de incubação com foco em empresas nas áreas de saúde e educação que desenvolvam soluções nestas áreas que resultem em produtos ou serviços de alto valor agregado e com alto potencial inovador e tecnológico. Os projetos (com produtos ou serviços) devem estar na fase de construção ou validação do produto ou serviço.

Serão ofertadas seis vagas e as startups são selecionadas via edital e, após aprovação, durante 12 meses poderão ficar nas instalações físicas do Centro de Inovação. As incubadas vão  receber suporte técnico-gerencial, acompanhamento estratégico por meio da metodologia de incubação da FOZ, além da possibilidade de realizar validações técnicas e de mercado das suas soluções no IMIP (maior complexo hospitalar 100% SUS do Norte-Nordeste) e na FPS – Faculdade Pernambucana de Saúde – via projetos de pesquisa científica.


Leia também – Programa Petrobras Conexões para Inovação lança edital

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias