Especialista dá dicas para emprego temporário se tornar permanente

Saiba o que u funcionário temporário precisa fazer para conquistar sua permanência na empresa.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
especialista Bruno Cunha
Bruno Cunha é especialista em seleção/Foto: divulgação

Em pleno mês de Natal, as vagas de emprego temporária estão aflorando por todos os lados. Com um número ainda muito grande de pessoas fora dos empregos formais, leva a vaga quem estiver melhor preparado e se adequar aos requisitos exigidos pela empresa. Mas, o que inicialmente é por um determinado período pode virar algo fixo, afinal, a taxa de efetivação gira em torno de 22%.

De acordo com o especialista em carreira, Bruno Cunha, se o profissional tiver a sorte de encontrar um trabalho temporário na sua área de estudo ou que tem experiência prévia, melhor ainda. É muito comum estudantes aproveitarem as férias para ganhar uma graninha extra e ainda aprofundar os conhecimentos na área; para os já experientes, pode ser uma oportunidade de voltar ao mercado.”

“O mercado de trabalho pede perfis profissionais mais flexíveis. Ao trabalhar como temporário, o profissional precisa se adaptar as regras e a cultura da empresa em tempo recorde. E esse é um excelente exercício. Trabalhar em empresas com estilos diferentes dá mais jogo de cintura e pode fazer de você um profissional mais aberto à mudança e mais preparado para se adaptar em qualquer lugar”, orienta.

Dicas do especialista

Portanto, para ficar antenado nas vagas disponíveis no mercado, use sites de empregos, redes sociais profissionais e agências de recrutamento para encontrar vagas temporárias. Além disso, fique de olho em empresas que sazonalmente contratam funcionários temporários, como varejistas durante as festas de fim de ano. Após a escolha das vagas que mais se enquadram no perfil desejado, é chegada a hora de se certificar de que o currículo destaque as habilidades e experiências relevantes para a vaga temporária. Isso pode incluir trabalho voluntário, cursos de curta duração e experiências anteriores.

Para as entrevistas, pratique respostas para perguntas comuns em entrevistas, como “Por que você deseja este trabalho temporário?” e “Como suas habilidades se aplicam a essa função?” Mostre entusiasmo e adaptabilidade. Além disso, está aberto à flexibilidade também é um diferencial. “Os empregos temporários muitas vezes requerem horários irregulares ou turnos noturnos. Esteja disposto a ser flexível em relação a horários e tarefas, pois isso pode aumentar suas chances de conseguir o trabalho”, alerta.

Mesmo que o emprego temporário não esteja diretamente relacionado à carreira ideal, é importante destacar habilidades transferíveis que possui como comunicação, trabalho em equipe e resolução de problemas. Mostrar comprometimento também vai ajudar na decisão do recrutador. “Demonstre que você leva o trabalho temporário a sério. Mesmo que seja uma posição de curta duração, seja pontual, cumpra prazos e mostre um alto nível de profissionalismo”, conclui.

Leia também:

Emprego: PE lidera reação no NE com 8.272 vagas

Como os CEOs devem se preparar para a Inteligência Artificial?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias