Seis municípios entram no Mapa do Turismo Brasileiro

A presença dos municípios no Mapa do Turismo Brasileiro garante o envio de recursos federais para fomento e potencialização dos produtos turísticos das cidades

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Com compromisso ecológico, cultural e histórico, o turismo está cada vez mais desenvolvido em Alagoas. Prova disso é a inserção de seis municípios alagoanos na edição 2022 do Mapa do Turismo Brasileiro. A adesão ao mapa demonstra a vocação turística dos municípios e garante o envio de recursos federais para fomento e potencialização dos produtos turísticos em cada cidade. Ao todo, o estado possui atualmente 46 municípios cadastrados no Ministério do Turismo.

A atualização da lista de municípios é realizada anualmente e leva em conta os critérios estabelecidos pelo Ministério do Turismo para adequação ao Mapa. A cada nova edição é avaliado se os critérios ainda estão sendo seguidos e se novos municípios podem ser inseridos ou outros retirados.

“Os municípios que estão cadastrados no Mapa do Turismo Brasileiro estão aptos a praticar atividades turísticas e a receber recursos para desenvolver ainda mais o segmento”, explica o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas, Marcius Beltrão.

Quilombo dos Palmares
Quilombo dos Palmares/Foto: Governo de Alagoas

A presença dos municípios no Mapa do Turismo Brasileiro garante o envio de recursos federais para fomento e potencialização dos produtos turísticos das cidades, através de políticas públicas, estruturação de produtos turísticos e ações promocionais dos destinos.

Os seis novos municípios que foram inseridos no Mapa do Turismo são: Atalaia (Região dos Quilombos); Belo Monte (Regiões Cânions do São Francisco); Pariconha (Regiões Cânions do São Francisco); Maribondo (Região dos Quilombos); Murici (Região dos Quilombos) e São Miguel dos Campos, na Região Lagoas, Mares e Rios do Sul.

Retomada Segura

A retomada segura e gradual do turismo em Alagoas conta com o selo Safe Travels da WTTC (World Travel & Tourism Council), entidade de turismo internacional que reconhece destinos ao redor do mundo que tenham implementado protocolos sanitários em padrão mundial.

No total, onze municípios alagoanos já foram contemplados com a certificação internacional – Pilar, Penedo, Maragogi, Porto de Pedras, Piranhas, Japaratinga, Delmiro Gouveia, Marechal Deodoro, Roteiro, Passo de Camaragibe e Maceió. O estado também registra cerca de 2.050 empreendimentos turísticos com o selo do Turismo Responsável do Ministério do Turismo, ocupando o primeiro lugar do Nordeste em emissão de selos.

Texto: William Makaisy, da Agência Alagoas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias

O evento reuniu autoridades como os governadores do Ceará, Elmano de Freitas (PT), e do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), e o senador Cid Gomes, além do diretor do BNB, Aldemir Freire (PDT-CE). Foto: ASCOM/BNB

BNB disponibiliza R$ 10 bilhões para projetos de energia renovável em 2023

Uma das linhas de crédito oferecidas pelo BNB é a FNE Sol, com a qual o banco financia projetos de mini e microgeração de energia de empresas privadas industriais, agroindustriais, comerciais e de prestação de serviços, além de produtores rurais e pessoas físicas. A linha de financiamento abrange diversos itens relacionados à energia elétrica fotovoltaica, incluindo componentes, instalação, placas solares, inversores e materiais elétricos. Os juros pré-fixados do produto são a partir de 7,9% ao ano

Leia mais »