Fruticultores de Petrolina expõem na Fruit Attraction

A feira tem compradores seguros e de abrangência mundial e acontece pela primeira vez no Brasil.
frutas
Uvas estão entre as frutas mais exportadas /Foto: Divulgação Sebrae

Produtores de frutas de Petrolina participam da Fruit Attraction, a segunda maior feira de frutas e hortaliças do mundo, entre 16 e 18 de abril, no Centro de Convenções de São Paulo Expo & Convention Center.  É a primeira vez que feira acontece no Brasil após 15 edições.

A delegação de produtores de Petrolina, região que é a número um em exportação de manga e uva do Brasil, foi organizada pelo pelo Sebrae/PE, como parte das ações de fomento do setor. O grupo vai expor produtos e prospectar clientes para possível comercialização direta.

A analista do Sebrae de Petrolina, Laianne Macedo, avalia que o evento é uma ótima oportunidade para que a fruticultura de Petrolina possa alçar voos ainda maiores. “A participação de representantes de vários setores da cadeia da fruta no evento eleva o potencial de abertura de mercado, divulgação do produto do Sertão do São Francisco, além de abrir espaço para que os produtores possam dar passos para realizar a comercialização livre de intermediários”.

Segundo ela, essas ações se somam a uma série de iniciativas de apoio à fruticultura irrigada desenvolvidas pelo Sebrae na região, que envolvem desde adequação da produção em campo, aquisição de certificações fitossanitárias e de qualidade de produção, além de apoio à gestão de negócios. O cumprimento dessas etapas é essencial para que esses produtos cheguem a mercados exigentes como o da Europa e Estados Unidos.

Tendências

“A feira tem compradores seguros e de abrangência mundial e reúne tendências tecnológicas de ponta que estão sendo usadas na cadeia da fruta mundial e podem servir à nossa região. É um momento importante para que os produtores possam alcançar novos clientes e realizar exportação direta, sem intermediários”, explica Laianne.

- Publicidade -

Os produtores de manga e uva de Pernambuco e Bahia faturaram R$ 490 milhões com exportações em 2023, batendo recorde de faturamento neste tipo de atividade em todo país. Os dados são da Comex Stat.

Leia também:

Exporta Mais Brasil terá rodada com 14 empresas alagoanas e 6 compradores internacionais

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Notícias

- Publicidade -