A cada 3 minutos, alguém se matricula em um curso de Inteligência Artificial

Na liderança de temas, estão o de Inteligência Artificial Generativa e Engenharia Imediata para ChatGPT.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
inteligência artificial
IA: cursos avançam no Brasil/Foto: Pixabay

Em 2023, a cada 3 minutos, uma pessoa se inscreveu em um curso sobre Inteligência Artificial (AI) no Brasil, segundo levantamento da Coursera, uma das principais plataformas de aprendizagem online, com mais de 5 milhões de alunos registrados no País. As pesquisas relacionadas ao assunto cresceram quatro vezes em 2023 em comparação a 2022.

Refletindo o interesse generalizado na educação em IA, o Brasil registrou mais de 160 mil matrículas nesses cursos. Na liderança de temas, estão o de Inteligência Artificial Generativa e Engenharia Imediata para ChatGPT.

Esses dados indicam o desencadeamento de um processo, não só no Brasil, mas no mundo, de avanço contínuo na IA. Para Marni Baker, diretora de Conteúdo da Coursera, o ano de 2023 será considerado como um ponto de virada. A Inteligência Artificial generativa já começa a transformar a educação e as carreiras. O aprendizado é a chave para a empregabilidade num mundo impulsionado por essa revolucionária tecnologia.

“Essas são competências obrigatórias e relevantes para o mundo digital e orientado por dados de hoje”, diz Baker. Seu foco estará no desenvolvimento profissional, especificamente em áreas como tecnologia, ciência de dados e gerenciamento de projetos. “Além disso, há uma ênfase notável no crescimento pessoal e no bem-estar. Essa tendência se alinha com o padrão global em que se percebe que alunos estão diversificando suas competências a fim de se manterem competitivos num mercado de trabalho em evolução”, completa.

Tipos de Inteligência Artificial

Há vários tipos de inteligência artificial, como a generativa, a Machine Learning, o Text-to-speech (TTS), ou o NPL. A chamada inteligência artificial generativa é quela capaz de aprender com os conteúdos e informações disponíveis na internet e replicar esse conhecimento para criar novos conteúdos, que vão de músicas a textos e imagens. Alguns dos exemplos de IA generativa são: ChatGPT e Midjourney.

No aprendizado de máquina (Machine Learning), as máquinas são treinadas com dados para que consigam realizar previsões ou tomar decisões lógicas e rápidas de maneira autônoma. 

O Text-to-speech (TTS) uma tecnologia capaz de gerar fala humana a partir de um texto. Com os recentes avanços, o TTS está conseguindo replicar vozes, sendo aplicado em assistentes virtuais e também em leitores de tela para pessoas com alguma deficiência.

O processamento de linguagem natural, ou NLP, é um subcampo da inteligência artificial focada em tornar a comunicação humana entendível para máquinas e computadores. 

Leia também:

Plataforma vai apoiar digitalização de micro e pequenas empresas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias