Com Itaú à frente, Consórcio Luz de Jaboatão vence leilão de iluminação pública

Proposta final teve deságio de 54% e prevê investimento de R$ 280 milhões em iluminação pública. Contrato vale por 22 anos

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

A proposta do Consórcio Luz de Jaboatão, representado pela corretora Itaú, saiu vencedora do leilão realizado nesta quarta (16), na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), para implementar iluminação pública no município de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. A oferta de R$ 495.509,41 para a contraprestação mensal máxima representa um deságio de 54,60% do valor proposto no edital.

A Parceria Público-Privada tem previsão de investimento de R$ 280 milhões e prevê modernizar, tornar mais eficiente, expandir, operar e realizar a manutenção da infraestrutura da rede municipal de iluminação pública do município.

leilão iluminação pública - Jaboatão dos Guararapes
PPP tem previsão de investimento de R$ 280 milhões para modernizar, expandir e tornar mais eficiente a rede municipal de iluminação pública do município/Foto: Cauê Diniz/B3

O consórcio é composto pelas empresas Enel X, Selt Engenharia e Mobit – as mesmas que arremataram o leilão de iluminação pública da cidade de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, em 17 de fevereiro, por R$ 388.204,86 – com deságio de 66,21%.

Segundo a Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, a cidade terá o menor gasto na manutenção por ponto de iluminação, no valor de R$ 10,55. A modernização da rede de iluminação vai reduzir o consumo de energia em 71%, diminuindo o valor da conta mensal do município, que passará de R$ 4 milhões para R$ 2,6 milhões. O saldo dos recurso serão revertidos para a redução da Taxa de Iluminação Pública paga pela população.

Leilão de iluminação pública teve apoio do BNDES

O leilão teve apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O contrato terá vigência por 22 anos e prevê a instalação de lâmpadas LED em todo o município até o final de 2023, incluindo pontos turísticos e históricos, praças, parques, campos e quadras esportivas. Também será implementado um centro de controle operacional e suporte técnico para manter a qualidade do serviço.

“Já avançamos com a instalação de 10 mil pontos de LED e agora estamos iniciando uma nova fase com a PPP da iluminação pública. Vamos expandir para 100%, tornando Jaboatão a cidade mais iluminada do Nordeste e uma referência para Pernambuco. Vamos proporcionar a sensação de maior segurança, bem-estar e gerar uma economia de 71% para o município. Além da questão ambiental, que também é um benefício da iluminação com LED”, declarou o prefeito Anderson Ferreira, ao final do leilão.

“Temos muito orgulho de assessorar tecnicamente os entes estatais e de conseguir reunir, em um ambiente qualificado, investidores do setor privado e projetos de qualidade que ajudam a impulsionar o desenvolvimento do país”, disse Guilherme Peixoto, superintendente de Processos Licitatórios da B3.

Durante a entrevista coletiva realizada após o leilão, o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, destacou a atuação do banco no setor de infraestrutura. “O BNDES está cada dia mais migrando de um banco monoproduto para um banco multiprodutos. Sabemos que uma das principais carências hoje do setor está em ter bons projetos. Montamos a nossa Fábrica de Projetos, constituímos a maior carteira de ativos do mundo e hoje oferecemos o que há de melhor em estruturação e modelagem para os nossos clientes”, comentou.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias