Ambev investe R$ 1 bilhão no NE

A gigante global da indústria de bebidas anuncia ampliação da sua fábrica em São Luís (MA), uma semana depois de inaugurar a nova linha de produção em Camaçari

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
CEO da Ambev, Jean Jereissati, festeja investimentos de R$ 400 milhões na região
CEO da Ambev, Jean Jereissati, ri à toa com o crescimento da multinacional, que ganha tração com investimentos no Nordeste que chegam a R$ 400 milhões apenas em 2023/Foto: Ambev (Divulgação)

A Ambev, às portas do período de maior consumo na indústria de bebidas, consolida investimentos de R$ 1 bilhão na ampliação de capacidade de suas plantas no Nordeste entre 2022 e 2023. O programa atinge R$ 400 milhões só em 2023 com o recém-anunciado aporte de R$ 100 milhões na Cervejaria Magnífica – em São Luís (MA) – e a inauguração da nova linha de refrigerantes da unidade em Camaçari (BA), onde foram investidos R$ 75 milhões.

A divulgação dos projetos mais recentes nos estados nordestinos, que têm impacto também nas operações da Ambev no Norte, acontece às vésperas do pico de consumo no setor: o período que vai das festas de final de ano até o carnaval.

Além disso, impulsionam os negócios da companhia em regiões com indústria do turismo forte. Outro fator importante na atratividade desses mercados para a gigante global é o fato do Nordeste sediar duas festas que estão entre os maiores eventos do calendário turístico do país: o ciclo carnavalesco de Salvador e Recife (PE).

No Maranhão, os recursos serão voltados para aumentar a capacidade de envasamento de produtos premium. “A demanda na região por cervejas especiais tem crescido ano após ano e ficamos muito felizes em ampliar essa fábrica. Quando crescemos e o nosso ecossistema cresce junto, todos ganham”, afirma o CEO da Ambev, Jean Jereissati.

A unidade instalada na capital produz cervejas de nove marcas – entre elas Magnifica, Brahma Duplo Malte e Chopp Brahma. A planta, além de atender ao próprio estado, também abastece o Piauí e dois estados do Norte: Pará e Tocantins. Atualmente, 1.280 empregos diretos e indiretos são gerados nas operações da gigante do setor de bebidas localizadas no Maranhão.

Ambev incrementa linhas de refrigerante em Camaçari

Em Camaçari, na região metropolitana de Salvador, a nova linha de bebidas carbonatadas foi inagurada nesta terça-feira (14), com a presença do governador Jerônimo Rodrigues. Com a expansão, a produção mensal de refrigerantes na unidade passou de 450 mil hectolitros para 550 mil hectolitros.

“A gente acredita muito no Brasil e no Nordeste e a nossa presença no estado da Bahia é de longa data. Queremos estar juntos no desenvolvimento do estado e por isso seguimos investindo para gerar crescimento na região. Esse investimento vem para garantir a melhor experiência para os nossos clientes e consumidores, que vão passar a ter mais opções dos nossos produtos”, afirmou Jean Jereissati no evento.

“A Ambev sabe da importância do Nordeste e tem destinado o olhar para atender às demandas do consumidor desta região”, destacou a companhia por meio de nota.

Essa unidade baiana abastece 11 estados e é responsável pela produção de Guaraná Antarctica, Pepsi, Sukita e Soda, além das cervejas Antarctica, Original, Brahma, Brahma Duplo Malte, Skol, Skol Puro Malte e Bohemia.

Festa na Bahia: inauguração em Camaçari reuniu executivos da Ambev e o governador Jerônimo Rodrigues
Festa na Bahia: executivos da Ambev e o governador Jerônimo Rodrigues comemoram ampliação em Camaçari/Foto: Ambev (Divulgação)

Ambev tem sede também em CE, PI e PE

O anúncio no Maranhão e a inauguração na Bahia dão sequência à série de projetos da Ambev este ano, no Nordeste. No primeiro semestre, a fábrica da companhia em Aquiraz, no Ceará, recebeu investimentos de R$ 130 milhões para aumentar a capacidade de produção de cervejas premium. Também foi implantada uma nova linha de produção de long necks.

No Piauí, a fábrica instalada em Teresina, teve investimentos de R$ 90 milhões para incrementar a produção de garrafas de vidro. Já a cervejaria da multinacional localizada em Igarassu, Pernambuco, passou a produzir a linha Budweiser Zero. A expansão foi concluída em abril passado, após investimentos de R$ 10 milhões.

Essa ampliação fortaleceu o polo de bebidas de Pernambuco. O estado é o maior produtor de cervejas puro malte no Norte e Nordeste e passou a ser também líder na produção de cervejas zero nessas regiões.

Além dessa planta, a AmBev tem três centros de distribuição no mercado pernambucano – em Olinda, Cabo de Santo Agostinho e Caruaru – e quatro revendas em Petrolina, Arcoverde, Salgueiro e Serra Talhada.

Empresa brasileira, com sede em São Paulo e presente em 18 países, a Ambev é uma plataforma com diversos negócios, entre eles, indústria de bebidas, a BEES (B2B voltado aos parceiros varejistas) e o Zé Delivery, app de bebidas presente em mais de 300 cidades. No Brasil, a companhia emprega 30 mil pessoas.

Leia mais sobre a Ambev:

Ambev faz investimentos de R$ 10 milhões para produzir marcas zero álcool

Ambev abre espaço para empreendedores sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias