Nível de utilização das refinarias da Petrobras atingiu 91% no final de março

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Agência Brasil

Refinaria Abreu e LIma
Refinaria Abreu e Lima/ foto: Governo de Pernambuco

A Petrobras alcançou 89% de fator de utilização total do parque de refino em março. O anúncio foi feito nesta segunda (4) pela estatal que, na última semana do mês passado registrou 91% de utilização total.

Os índices superam o nível médio de utilização das refinarias da Petrobras em 2021, de 83%, o maior índice dos últimos 5 anos.

“O fator de utilização total do refino considera o volume de carga de petróleo efetivamente processado e a carga de referência das refinarias, ou seja, a capacidade máxima de operar, respeitando os limites de projeto dos equipamentos, os requisitos de segurança, de meio ambiente e de qualidade dos derivados produzidos, além da racionalidade econômica das decisões de produção, com foco em geração de valor”, informou a empresa.

Em nota, o diretor de Refino e Gás Natural da Petrobras, Rodrigo Costa, afirmou que a Petrobras está produzindo o máximo possível dentro de condições seguras, sustentáveis e econômicas. “A definição do nível de utilização é uma decisão técnica e econômica, que leva em conta a demanda dos clientes da Petrobras, as alternativas globais de suprimento e preços de petróleo e derivados, diferentes configurações e limites de operação e a necessidade de paradas de manutenção das unidades de refino, entre outros fatores”, explicou.

A companhia adiantou que, nos próximos cinco anos, fará investimentos de US$ 6,1 bilhões em refino a fim de expandir a capacidade de refino, a geração de produtos de maior qualidade e posicionar suas refinarias entre as melhores do mundo em eficiência e desempenho operacional.

Leia Também:

Refinaria de Mataripe, na Bahia, paralisa unidade e pode faltar diesel no Nordeste

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Mais Notícias